quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Letras vazadas

Olhar fixo no nada
pensamentos soltos
um vazio na alma
uma lacuna no coração

A brisa suave
levou minha emoção
no cometa do vento
viajou e me deixou
paralisada... sem ação

A poesia fez uma pausa
saiu pela janela
em busca de outras rimas
que fazem festa 
num coração que pulsa
embalado pela paixão

No papel vazio
caem letras vazadas
elas fluem despidas
de calor e paixão
parecem meu coração
vazio de emoção
(Gracita)