segunda-feira, 2 de abril de 2018

Devaneios de poeta


Ai, coração...
E agora, o que faço?
Você está tão quietinho
bate tão mansinho
que quase não o ouço.

Tão escondidinho
Tão sozinho
Não te sinto!

Sabe coração
você precisar pulsar!
Você está me deixando atônito
a cismar com a solidão

Volte coração!
Eu não vibro sem você!
Você é meu tudo.
É meu sim, meu não
É minha vida.

Sabe coração
eu sem você não sou paixão
Me entrego à desilusão.

Coração...
a minha vida está em você
Entre novamente no compasso da emoção
E envolva-me  com tuas batidas
Faça fluir em mim
o arrepio do amor e da paixão.
(Gracita)

29 comentários:

  1. Ah, coração que eu nao compreendo mais, diria Amália Rodrigues.
    Linda inspiração/construção poética Gracita.
    Viver é mesmo estar sob estas pancadas de um coração renitente e independente.
    Gostei de desta poesia de clamor de emoções.
    Linda seja sua semana querida amiga vizinha.
    Beijo de paz.

    ResponderExcluir
  2. Lindo poema, agite esse coração e aí teremos sempre estas magníficas inspirações.
    Beijinhos, Léah

    ResponderExcluir
  3. A Gracita é uma enorme Poetiza. Sou sua Fã. Adorei
    :))

    Bjos
    Um bom dia de Terça-Feira

    ResponderExcluir
  4. Inspiração apurada e romântica. Linda! bjs, chica

    ResponderExcluir
  5. Simplesmente fantástico!! Amei

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Esses corações que param de pulsar por um amor,quem sabe!
    Lindo Gracita.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  7. Acho tão lindo...quem me dera saber escrever sobre corações, gosto de ler em voz alta, meu marido acha graça!

    E que continues a pulsar, não importa sossegado ou apurado! bj

    ResponderExcluir
  8. Olá, querida amiga Gracita!
    O coração tem que pulsar para fluir normal... mas Deus ouve a prece poesia da poeta!
    Ele arderá em chamas a qualquer inesperado... assim é!
    Seja muito feliz e abençoada nesta Oitava Pascal!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde, lindo poema que faz o coração bater por amor, coração sem amor é como um dia cinzento escuro.
    Continuação de boa semana,
    AG

    ResponderExcluir
  10. Gracita é preciso que bata para que não se perca o SENTIR!!!bj e gostei de ler

    ResponderExcluir
  11. Lindíssimo poema *.*

    Beijinho grande

    ResponderExcluir
  12. Querida Gracita: ¡Cuánta razón hay en tu poema! El corazón es el único causante de que sintamos o no amor, él marca esa diferencia tan grande entre querer y no querer, el late independiente de la razón, sólo se guía por la emoción, por esa pasión que nos mueve a vivir y a sentirnos felices.
    Habrá que estimularlo a que siga latiendo un poco acelerado.
    Cariños.
    kasioles

    ResponderExcluir
  13. Verdade... sem paixão, fica tudo mais ou menos...
    Gostei dos versos!

    Minha amiga, obrigada pelo carinho com meu trabalho. Suas palavras falam ao coração pq realmente, faço tudo com muito amor, independente do trabalho.

    Abraços esmagadores e um mês abençoado!

    ResponderExcluir
  14. Tu és poesia, tu és arte, tu és beleza, tu és "revolução", tu és "ebulição".
    Tu és magia.
    Por isso, como queres que esse coração conviva contigo?
    De mansinho? Obriga-lo a saltar...
    Que saltite? Entras em descompensação nas suas batidas arrítmicas...
    o melhor é entrares no passo da vida e no compasso da música que vive em ti!
    Beijinho, Comadre querida!

    ResponderExcluir
  15. Doses de puro e lindo romantismo estão presentes com força nessa majestosa poesia.
    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
  16. Está original e graciosa essa conversa séria com o teu coração.
    Com um toque de Humor, o belo poema tem todos os itens para
    deleitar quem o apreciar...
    Gostei muito, querida Amiga.
    Dias de maravilha nesta semana.
    Grande Abraço
    ~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  17. Bom dia. Ai coração, coração, esse "maldito" "traidor", lol
    .
    * Promessas de Amor em Versos Poéticos *
    .
    Deixando um abraço

    ResponderExcluir
  18. Ah, coração!!! E como você apronta as suas falsetas!!!
    Tem que fluir no compasso da emotividade desta grande poetisa
    Um abraço

    ResponderExcluir
  19. Um coração sem paixão é muito triste.
    Lindo poema.
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. mais um lindo poema !!
    um coração vibrante !! precisamos de um !!!
    grande abraço.
    :o)

    ResponderExcluir
  21. Um diálogo poético com o coração
    Que ele ouça o vosso clamor e vibre no compasso de sua emoção
    Beijokinhas

    ResponderExcluir
  22. Maravilhoso esse poema amei, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  23. Olá Gracita!
    Me parece que os teus versos são tão atuais, percebo tantas pessoas pedindo para o coração voltar a pulsar! Me parece um resgate da paixão, da inspiração!
    Um beijinhos querida.

    ResponderExcluir
  24. Que todos os corações batam sempre de amor e paixão.
    Belíssimo poema
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  25. Boa noite amiga!
    Linda sua poesia amiga! Esse desejo ardente é resultado de uma amor guardado no peito.

    Hoje tem continuação do projeto alunos leitores e escritores e dessa vem a Helem Lays nos surpreendeu com uma linda mensagem e o Guilherme com uma poesia romântica.
    Ficaremos gratos pela visita, abraços, tenha uma linda noite e um amanhecer feliz.

    ResponderExcluir
  26. Criatividade e talento... muito bem harmonizados com arrebatamento... nem belíssimo poema, muitíssimo bem construído!
    Adorei, Gracita!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.