sábado, 19 de maio de 2018

Rosa desfolhada

Desfolhada as pétalas da rosa
jaziam inertes no chão 
um tapete de flores ia se formando
colorindo o branco mármore
com as gotas róseas da desilusão

A rosa foi o resto de uma oferenda
de alguém que acreditou amar e ser amada
Entregou-se à paixão radiosa
Mas assim como a olorosa rosa
o amor dele murchou e secou

Vê com saudade a rosa sedosa
o símbolo de sua frenética paixão
lágrimas rolam suaves por sua face
abre a janela e joga as pétalas ao vento

Descoordenadas e sem direção
elas voam num redemoinho de emoções
o coração soluça de dor e saudade
Lentamente elas vão pousando no chão
formando um arabesco disforme
anunciando ao mundo o término
de um grande amor 
(Gracita)

Minha participação na 36ª Edição do Poetizando e Encantando
proposta pela amiga Lourdes do blog Filosofando na Vida

40 comentários:

  1. Pena o fim de um grande amor ...Pena as flores desfolhadas! Linda inspiração! Bela participação! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, querida amiga Gracita!
    Muito duro este sentimento da desilusão... fico do lado das mulheres, apesar de ser mãe de dois homens... nós, sofremos muito... eles, por mais sensíveis, são formados de forma diferente e podem até sofrer muito, mas a gente sofre diferente assim como eles nos amam diferente...
    A imagem é deveras belíssima, escolheu belamente dentro do seu lindo coração!
    Fico muito triste e me entrego a oração pelas amigas que passam pela dor imensa do fim de um amor... doi muito e não desejo isso para ninguém...
    Sei que não só por um grande amor que se sofre mas sim quando o príncipe vira sapo e logo no início vemos a farsa que caímos... mas temos que permancer casadas... que sofrimento!
    Poetar sem estar passando pela dor até dar, mas passando é doloroso demais e não desejo isso a nenhuma de nós.
    Você poeta esta dor imensa com maestria e põe tom, adjetivos pertinentes com sabedoria...
    Vi em sua última estrofe, quee as pétalas tomam o rumo de como se encontra o coração da mulher... despedaçado... sem rumo e desnorteado... assim vão elas e assim levam com elas o coração sofrido e atordoado... assim ficamos nós se isso acontecesse conosco... e tivesse importância grande para nós tal amor dolorido...
    Que final poético, querida! Condizente com sua originalidade em formatar versos com seu proprio feitio artesanal... parabéns pelo lindo momento onde esta dor a nós pertence (ou pertenceu) em algum momento de nossas vidas!
    Paz, saúde e amor!
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Bjm fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  3. Depois de me deliciar com mais puma publicação/poema deliciosa/o, deixo votos de um feliz fim de semana.
    .
    * Amor feito de pura verdade *


    ResponderExcluir
  4. Cara Gracita, também foi essa saudade e fim de um amor que me inspirou nessa imagem muito bonita a preto e branco da rapariga melancólica, muito bem representada no seu poema!!!
    assim deixei a minha participação no meu bloguinho de poesias, onde coloco traduções
    para as pessoas da francofonia que ficam contentes por conhecer melhor a literatura em lingua portuguesa!

    https://poesiesenportugais.blogspot.pt/

    bom fim de semana amiga,
    beijinhos
    Angela

    ResponderExcluir
  5. Belíssima participação *-*

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  6. Lindo Gracita, cheio de emoção e verdade nesse amor partido! Bela participação!Já deixei a minha tbm!

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde. Excelente participação! Amei

    Beijinhos
    Bom fim de semana

    ResponderExcluir
  8. Como é triste o fim de um grande amor! E você foi brilhante nessa analogia com a rosa desfolhada que morre aos poucos como o coração de alguém que sofreu uma decepção amorosa. Fascinante o teu poema. Parabéns
    Beijinhos no core

    ResponderExcluir
  9. Olá querida Gravita! Sua poesia está um encanto! Embora fale do término de um amor, com a rosa despedaçada está lindo seu poetar.Parabéns querida, Obrigada por mais uma vez participar com grande criatividade.Estou comentando pelo celular. Seu link adicionar segunda feira ao chegar em casa, desculpe a demora. ABRAÇOS continuação de um fim de semana feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida sou péssima escrevendo no celular.Desculpe até seu nome ficou errado.Gracita.Bjus

      Excluir
  10. Olá Gracita
    Participação belíssima!
    Como sempre suas palavras inspiradas, sua poesia encantadora e a doçura do poema sensível e pleno de carinho.
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. A melancolia da imagem despertou mais uma vez a sua criatividade em belo poema Gracita!!!bj

    ResponderExcluir
  12. Olá, Gracita

    Adorei ler este poema inspirador, sua participação em "Poetizando & Encantando".
    Um amor que chega ao fim e que deixa um rasto de sofrimento. Uma rosa que se vai desfolhando e cada pétala representa uma desilusão.

    Bj

    Olinda

    ResponderExcluir
  13. boa tarde, querida amiga...

    mais uma vez participando na brilhante iniciativa da Lourdes. todos ficamos ganhando.

    uma rosa despetalada, lembrando um amor, que teve seu fim. é difícil manter o amor sempre na primavera e no verão, pke tudo é mutável e findável.

    gostei mto da forma como escreveu este poema, pois para além da boa temática, conseguiu enriquecer ainda mais o escrito com vocábulos e imagens mto atraentes e verídicas.

    beijos e um resto de excelente domingo.

    ResponderExcluir
  14. Linda a arte da poesia, criar emoções, situações num olhar sensível.
    O amor e suas contradições que tanto estragam corações e deixam vidas sem rumo.
    Uma construção maravilhosa querida para este amor, que não resistiu ao tempo ou que era apenas uma fantasia em um dos corações.
    Magnifica participação com sua arte.
    Beijos e semana maravilhosa para você.

    ResponderExcluir
  15. Oi Gracita, boa noite amiga linda, que poema encantador.
    Como sempre irradias doçura.
    Bjus e um bom fim de domingo.

    ResponderExcluir
  16. Lindo poema, sua participação ficou perfeita, amei ler, versos lindos, como a rosa sempre simboliza o amor romântico,, o seu fim então, nossa, triste, mas lindamente inspirado!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  17. Um poema majestoso, cheio de sensibilidade poética e que em cada verso nos encanta.
    Beijos e uma semana feliz!

    ResponderExcluir
  18. Poetizou e encantou.

    Um abraço e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  19. Numa simbologia perfeita usas o desfolhar da rosa para finalizar um caso de amor
    Belíssimo poetar Gracita
    Um abraço

    ResponderExcluir
  20. Muito bonita esta analogia entre a rosa e o amor que murchou e chegou ao fim. Inspirada, como sempre, amiga.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  21. Muito belo o seu poema, Gracita. A rosa que é tão bela e tão breve é bem o símbolo de um amor que começa e acaba e deixa a mágoa como se fossem pétalas secas…
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  22. Boa noite minha Amiga!
    Parabéns por mais uma postagem fantástica, uma bela poesia!Digna de uma grande poetisa que és querida. Abraços

    ResponderExcluir
  23. Amiga
    Mais uma belíssima inspiração e participação... com uma fantástica combinação de romantismo, a poesia nos faz viajar nos sonhos e você poetizou lindamente com um romantismo saudoso. Parabéns, abraços



    ResponderExcluir
  24. Boa noite!
    Vim agradecer mais uma vez sua maravilhosa participação e dizer que o sucesso dessa BC é graças a sua participação e de todos! Muito obrigada! Feliz e abençoada semana.
    Desculpe a demora, mas acabei de adicionar seu link na postagem.
    Abraços querida!

    ResponderExcluir
  25. Oi Gracita
    Auspiciosa analogia fizeste ao usar o despetalar da bela rosa com o fim tristonho de uma linda história de amor. Aplausos para a sua arrebatadora inspiração
    Beijokinhas

    ResponderExcluir
  26. Bom dia Gracita, linda releitura que resultou numa bela e sensível poesia. Aplausos para seu talento ímpar amiga Gracita. Admirável verve habita em teu ser!
    Bjs e um bom dia!

    ResponderExcluir
  27. Bonjour chère amie,

    Toujours aussi créative !... j'aime vos bons mots.

    Gros bisous

    ResponderExcluir
  28. Muchas felicitaciones por ese bello poema, y tu participación.
    Nos dejas mucha dulzura en tus palabras.¡Gracias!

    Un fuerte abrazo.

    ResponderExcluir
  29. Gracita!
    O despetalar das folhas como aconchego para afastar as dores e mágoas, tão inspirador de diversas formas.
    Delícia!
    Maravilhosa semana!
    “Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente. A maioria das pessoas nunca ouve. “(Ernest Hemingway)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/2018/05/divulgacao-cultural-65-36-poetizando-e.html

    ResponderExcluir
  30. Maravilhosa participação, fascinante poema acompanhado de uma linda foto.
    Bjs

    ResponderExcluir
  31. GRACITA,

    estou seguindo vc aqui também! Que beleza de poema, a cada novo , nova superação e obrigado pelos seus presentes literários.
    Lá no meu blog, FALANDO SERIO, que não sei se vc conhece, acabo de colocar uma postagem:"RECADO PARA ADRIANA".
    Espero sua visita por lá.
    Um abração carioca GRACITA!!!

    ResponderExcluir
  32. É sempre triste o fim de um grande Amor...
    O poema desenvolve numa imagética admirável um poema
    sensível e muito expressivo.
    Parabéns pela bella participação.
    Um abraço carinhoso e um beijo.
    ~~~~~

    ResponderExcluir
  33. Boa tarde!
    Aprendi que borboletas só voltam a um jardim se encontrarem flores doces e perfumadas.
    Fico feliz sempre em vir aqui e mais uma vez trazer o convite do Poetizando e encantando que mais uma vez postarei com todo carinho.
    Sua participação sempre maravilhosa é importantíssima para o sucesso dessa BC. A Poesia mostra que ainda existe tanta gente por ai que sabe sentir...que sabe amar... que apesar dos problemas que vivemos ainda podemos amenizá-los enfeitando a vida e sonhando mais alto com um mundo melhor.
    Abraços, com desejos de um fim de semana feliz e abençoado.

    ResponderExcluir
  34. O fim de um grande amor... brilhantemente expresso em palavras, nesta doce e sentida inspiração! Gostei imenso, Gracita!
    Beijinhos! Feliz semana!
    Ana

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.