sábado, 9 de março de 2019

O outono da vida

Aquele olhar de menina não me pertence
Nem corpo adolescente, pujante e viril
Há rugas onde antes havia a maciez da seda
O compromisso dos anos vividos com alegria
E outros resvalados com ousadia e rebeldia

O que te posso dar hoje são as minhas vivências
Calejadas pelas dores e os desafios de outrora
Tenho em mim a beleza palpitante da maturidade
Que floresceu  e evoluiu para o outono da vida

Tenho o dourado dos anos do outono
Que a primazia da vida me confidenciou
Estou pronta para doar-te muito mais
Do que a beleza e a efemeridade da juventude

O regaço voraz da amante  contumaz
Vem da plenitude e completude dos dias idos
Tempos áureos e reincidentes mas não dissidentes
que fui acumulando com o despetalar do viço
E hoje me particulariza como mulher
que floresceu e evolucionou para o outono da vida
(Gracita)
Esta é a minha participação na 72ª Edição
do Poetizando e Encantando
Proposta da amiga Lourdes

41 comentários:

  1. Temos que saber bem passar pelas fase e estações do corpo e da vida... Lindo o teu outono da vida em poesia. Já estou no inverno,rs...Setentona! beijos, chica

    ResponderExcluir
  2. Quero chegar no outono com esse vigor e plenitude tão lindamente delineado em sua poesia.
    Um abraço e um ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde. Escolhemos a mesma imagem, ainda que, em poemas bem diferentes:)) Belíssimo.

    Hoje:- Sinto-me o jardim mais florido da solidão [POETIZANDO]

    Bjos
    Votos de um óptimo Sábado

    ResponderExcluir
  4. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema.


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  5. Belleza el poema, ya que la belleza radica en el corazón.
    Abrazo

    ResponderExcluir
  6. Olá querida Gracita!
    Majestosa pérola poética ao encontro de outrora.
    A dosagem dos anos não perdoa e a minha amiga com a sabedoria da vida,
    lindamente sabe contornar.

    O que te posso dar hoje são as minhas vivências
    Calejadas pelas dores e os desafios de outrora
    Tenho em mim a beleza palpitante da maturidade
    Que floresceu e evoluiu para o outono da vida.

    Muitíssimo bem inspirada e articulada. Gostei imensamente. Parabéns Gracita! Feliz dia da mulher... é sinal que estamos cá e merecemos.
    Beijinho no seu doce coração.
    Luisa

    ResponderExcluir
  7. Querida Gracita
    Muito obrigada por seus votos no Dia da Mulher.
    Espero que o seu tenha sido muito feliz.

    Lindo, o seu poema. Todas as estações têm a sua beleza, e o Outono não é excepção.

    Desejo bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  8. Fico sempre sem palavras! Que poema maravilhoso :)

    ResponderExcluir
  9. Olá Gracita,
    é verdade que o passar do tempo não perdoa, vai-se a seda da beleza efémera,
    mas a vida ainda nos oferece os tons dourados do outono!
    temos que aproveitar tudo, mesmo tudinho !!!
    beijinhos com muita amizade,
    Angela

    ResponderExcluir
  10. Minha querida amiga e grande poetiza! Como é bom olharmos no espelho e perceber que embora o tampo tenha sido cruel deixando suas marcas no nosso rosto e no corpo, o brilho dos nossos olhos nos servem de espelho para não nos envergonharmos delas e com serenidade dizer, valeu a pena viver esses anos, ainda tenho sonhos e continuarei sonhando e lutando com dignidade por eles.

    cada fase é uma fase e a vida é bela, embora tenhamos que retirar muitos espinhos do nossa caminho e as pedras, Ha! essas por vezes são pesadas demais! mas não desistimos, somos mulheres guerreiras! sei que você é assim, guerreira, daquelas que não se entrega mesmo que a batalha seja árdua!

    O que te posso dar hoje são as minhas vivências
    Calejadas pelas dores e os desafios de outrora
    Tenho em mim a beleza palpitante da maturidade
    Que floresceu e evoluiu para o outono da vida.

    só que dá valor a vida e aprende com as batalhas escreve tão lindo assim!

    Que jesus continue lhe iluminando, realizando teus sonhos e que vivas feliz por muitos anos, sendo esse ser maravilhoso que és.

    Obrigada por mais uma vez participar lindamente! Seja sempre bem vinda! beijo no coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe os erros começo de frase com letra minúscula, emu teclado está péssimo e a falta de atenção ao publicar. bjuss

      Excluir
  11. Minha amiga querida, só hoje arranjei um tempinho para visitar os blogs participantes, mas estou maravilhada com tanta beleza! A sua poesia está encantadora! E me conduziste a fazer uma reflexão sobre meus sentimentos. Costumo dizer que a minha cabeça tem idade diferente das minhas rugas. Agora não sofro mais aceito-as um pouco kkk mas sofri muito já. Como a vida é uma escola, aprendi a viver bem cada faze de a minha vida. Amei mina querida! parabéns! Bjuss felicidade sempre.

    ResponderExcluir
  12. Boa noite de alegrias, querida amiga Gracita!
    Que lindeza!
    Real oferta a poeta faz...
    Amei a veracidade dos versos...
    Beleza física já não temos mais, entretanto um 💙 amante que independe da idade quando se depara com face a face com o Amor.
    Muito lindo seu poema inteiro!
    Parabéns, amiga!
    Tenha dias felizes e abençoados por Deus!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem
    🌻💐🌸🌺🌼🌷

    ResponderExcluir
  13. Boa noite amiga... O seu poetizar é encantador e Magnífico... A vida nos ensina a aceitar as nossas fases da vida com amor e dignidade... Poesia Magnífica, divinamente bela. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  14. Sublime participação.
    Devemos aceitar todas as fases da vida, o importante mesmo é viver ao máximo cada momento que nos é oferecido.
    Bom domingo
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  15. A poesia do tempo, transforma, mais, não rouba o versar da vida.

    Um abraço. Tudo de bom.
    💙 Falando de mulher #FelizDiaInternacionalDaMulher.

    ResponderExcluir
  16. Lindo lindo o outono gosto mt e tu soubestescom o escrever bjs

    ResponderExcluir
  17. A imagem é encantadora e inspirou em belo poema!!! Bj

    ResponderExcluir
  18. Brilhante poetizando que so podia ser de uma enorme Poetisa como a Gracita!! AMEI

    Sinto aos meus pés, pedacinhos de cristal. {Poetizando e Encantando}
    Beijo e um excelente Domingo.

    ResponderExcluir
  19. Gracita linda a sua participação um poema simplesmente lindo que nos enche de amor, Gracita bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  20. Um poema excecional, querida Gracita! Obrigada!

    Li, verso a verso, e acho k você tem mto talento, como muitas vezes, já lhe tenho dito e tem tb toda a razão no k escreveu, mas aqui pra nós, quem não gostaria de voltar à juventude (quem está lá, nem pensa nisso) e deixar o outono da vida? E eu que detesto o outono, estação do ano. Não gosto de situações, nem pessoas intermédias. Com tudo isso, tem de se aceitar cada fase etária, mas…

    Beijos, bom domingo e obrigada por esse poema tão bem feito e tão reflexivo.

    ResponderExcluir
  21. Gracita,a vida é assim e temos que aceitá-la,a idade chega,sabemos que não é igual a juventude,mas agradecemos a Deus pela vida que Ele nos deu.
    Amei sua participação perfeita como sempre.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  22. Cada estação com a sua vivência . O Amor no outono da vida também com a sua beleza, tal como muito bem aqui descreveu.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  23. Poetizou lindamente, com sensibilidade de mulher que ama e é amada, bem resolvida, feliz com a vida e deixa-se viver em quaisquer estações com alma leve e sorriso a iluminar as faces e encantar com o que vem do coração em forma de palavras.
    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
  24. Posso dizer que foi um mergulho profundo amiga, uma lindeza de construção emotiva e que faz olhar para dentro. Mulher ser especial de material especial e não se entende a falta de respeito pelo que é e representa na vida de todos.
    Linda sua participação e posso dizer a melhor lida.
    Uma semana maravilhosa querida vizinha.
    Beijo e parabéns todos os dias.

    ResponderExcluir
  25. Olá amiga Gracita
    Versejaste com a alma colocando em cada verso os sentires específicos desta bela estação da vida e exaltando a beleza advinda da maturidade. Competência de mulher muito bem resolvida na vida. Meus aplausos a você
    Beijinhos no core

    ResponderExcluir
  26. Bom dia para mais uma semana que iniciamos com deus no coração e o desejo de muita paz.
    Linda participação, uma poesia majestosa,um toque especial de uma mulher que aprecia a vida e suas belezas e mesmo com marcas no coração segue vivendo e sendo feliz. Parabéns!
    Nossa participação foi com duas alunas, Hellem e Vanessa Oliveira, espero que gostem.
    Abraços, feliz e abençoada semana.

    ResponderExcluir
  27. Mulher de corpo inteiro, minha Amiga. Gostei imenso do seu poema.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  28. Hermoso poema pleno y maduro lleno de sentires a lo largo de los años. Me encanto leerte....saludos amiga.

    ResponderExcluir
  29. Gostei muito mas mesmo muito.
    Poema dedicado mulher mais madura
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  30. Um outono que por aí se aproxima, uma primavera que por aqui está para chegar...
    No fundo um ciclo da vida.
    Um poema maravilhoso!
    Muitos parabéns!
    Beijos

    😉
    Olhar D'Ouro - bLoG
    Olhar D'Ouro - fAcEbOOk
    Olhar D'Ouro – yOutUbE * Visitem & subcrevam

    ResponderExcluir
  31. Que lindo Gracita! Me arrepiei, sinto que estou chegando no Outono da minha vida, mas é que gosto tanto do Verão, que tento aproveitá-lo ao máxino fazendo o mais gosto no presente. Abraços! Sueli

    ResponderExcluir
  32. Lindo demais Gracita. E o outono tá chegando né? Minha estação preferida.
    Adorei esse fundo azul com borboletas, encantada.
    Bjus amiga.

    ResponderExcluir
  33. Ai Gracita!
    Que poema mais linda, delicado e inspirado.
    Parabéns!
    Tão bom poder voltar após um tempo de convalescência, devido a cirurgia ocular.
    cheirinhos
    Rudy
    https://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2019/03/divulgacao-cultural-17-72-poetizando-e.html

    ResponderExcluir
  34. Olá Gracita

    Mui bela e poética reflexão. Tudo é transformação. Estamos em evolução, em plena ascensão. Resta-nos a gratidão e o amor ao viver e à vida.

    Abraço

    ResponderExcluir
  35. Olá querida Gracita!
    Excelente e majestosa participação poética... com um toque especial da mulher que você é e gosta de viver, aproveitar ao máximo cada momento que a vida lhe oferece. Amei o poema querida Gracita, parabéns por essa pérola em transformação, que aceita que o amor não tem idade para amar. Gostei muitíssimo.
    Beijinho doce para você!
    Luisa

    ResponderExcluir
  36. Lindo!
    Às vezes penso naquele filme antigo, em que a pessoa nasce velha e vai remoçando com o tempo. Talvez fosse melhor assim...

    ResponderExcluir
  37. Linda participação! A Gracita brilhou com o maravilhoso poema.
    Fiquei muito triste com a noticia da morte dos alunos e funcionários da escola em S. Paulo.
    Meus pesâmes para as familias.
    Uma feliz e abençoada noite.
    Bjs

    ResponderExcluir
  38. Cada estação da vida tem o seu fascínio peculiar e o outono é o ápice do glamour que vem com a sabedoria dos anos vividos e das experiências únicas colhidas ao longo do declínio da ampulheta do tempo
    Fantástico e espetacular. Meus aplausos, amiga
    Beijokinhas

    ResponderExcluir
  39. Olá Gracita
    E vem aí a estação com as cores mais lindas do amanhecer dourado e por do sol alaranjado!
    Adoro a estação!
    E a analogia com nossas vidas é simplesmente esplêndida em suas palavras.
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  40. Um poema sublime... sobre esta fase também tão especial e bonita...
    Adorei as suas palavras, Gracita! Mais um daqueles poemas para ficar apreciando e reapreciando!...
    Gostei imenso!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.