sábado, 22 de agosto de 2020

Lágrima solitária

Sinto uma lágrima solitária escorrendo pela minha face
Tento impedir de todas as formas que outras gotas molhadas
acompanhem o mesmo trajeto desta indócil e rebelde lágrima

Uma luta ineficiente e improfícua
Não demora muito e uma enxurrada de lágrimas
banha o meu rosto opaco e inexpressivo

Com essa torrente de lágrimas a escorrer
o coração se descontrola e pulsa acelerado
O coitado não sabe o que fazer para reter
aquele filete cristalino que teima em cair

O sangue se agita com a pulsação lépida do coração
E muda a tonalidade do rosto para o vermelho carmim
O corpo arde como lava incandescente e fumegante

Minhas mãos ondulam incontidas como se
pressurizassem um colossal iceberg
E tudo isso porquê?

As lágrimas enviaram ao coração mensagens
de tristeza e solidão com a lembrança
da sua repentina partida 
Faltou o abraço de despedida!
Choro de saudades!
(Gracita)


29 comentários:

  1. Poesia triste, sentida,mas muiiiiito linda! beijos, ótimo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Linda poesia, mas com os sentimentos aflorando, sentir a alma, eis o que nos diz desses belos versos!
    Querida amiga sensível Gracita, muitos beijos e abraços em você!

    ResponderExcluir
  3. Lindo, Gracita! As lágrimas geralmente são abundantes no início das perdas, aliviam as dores.
    Abraço e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia de sábado poético, querida amiga Gracita!
    Chove aqui no Sudeste e chuvinha fininha e fria como lágrimas... Como filete cristalino... para mim, doce quando inspiradora ou indócil quando friorenta...
    Hoje já esteve nos dois âmbitos.
    Estar assim como o ânimo do seu poema é NORMAL na situação que estamos atravessando, ainda agravante se acontece o descrito nos últimos versos seus.
    Triste demais... Lágrimas descem desobedientes... Deixemos que elas rolem...
    Tenha um final de semana abençoado!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Gracita,
    Um poema melancólico, mas muito belo!
    Adorei cada verso.
    Um beijinho e abençoado fim de semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
  6. Poema muito bonito.
    .
    Feliz fim de semana.

    ResponderExcluir
  7. Um poema com um belo lacrimejar!!! O meu aplauso!

    ResponderExcluir
  8. Oi querida Gracita!
    Que belo e emocionante poema. O cair da lágrima e o lacrimejar desordenadamente descompensado,
    aflorando os mais gélidos sentimentos da alma. Gostei muitíssimo, parabéns amiga.
    beijinho de paz fraterna e continuação de bom fim de semana.
    Luisa

    ResponderExcluir
  9. Gracita, você traduziu a dor de
    muitas mulheres que perderam seus amores.
    Lindos versos!Bom fim de semana!
    Bjos! :*

    ResponderExcluir
  10. A dor da perda, lindamente traçada. A falta de uma despedida é chamado para as lágrimas que teimam em cair. Muito belo, Gracita! Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Um poema triste que fala do desespero da partida de quem se ama.
    Abraço, saúde e bom domingo

    ResponderExcluir
  12. O que fazer com o coração diante uma grande perda. Não há como evitar a aceleração deste sofrido coração, que explode em lagrimas que cristalizam pelo rosto em brasa.Uma passagem dolorosa que a poesia absorve e nos emociona.
    Que seja poesia o que na vida nos leva a melancolia.
    Belo trabalho querida amiga vizinha.
    Um bom domingo e feliz semana mais leve.
    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Un poema tristemente bello. Saludos amiga.

    ResponderExcluir
  14. Um poema de incontida e sentida emoção de perda, que a deixou devastada.
    Abraço solidário.
    Juvenal Nunes

    ResponderExcluir
  15. Forma sublime de descrever o choro,a tristeza...versos sentidos, poeticamente expressivos.
    Xeru e retorne sempre que desejar no Poetizando.

    ResponderExcluir
  16. Delineaste com a força do coração a dor da separação de forma brilhante
    Lágrimas... como contê-las?
    Um poema extremamente dorido mas essencialmente belo
    Um abraço amiga Gracita

    ResponderExcluir
  17. Lágrimas que extravasam a dor numa construção poética brilhante
    Parabéns poetisa por mais esta pérola poética
    Bjssss

    ResponderExcluir
  18. As lágrimas são o alívio para a alma!
    Uma lindeza esse poema
    Beijitos

    ResponderExcluir
  19. Gracita um belo poema, muitas vezes tentamos impedir as lágrimas descerem, mais elas descem, Gracita tenha um ótimo domingo bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  20. Um poema belo,mas triste. A tristeza também faz parte da vida, não é?
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  21. Bom dia Gracita,
    Um lindo poema, de uma triste despedida que ficou sem um abraço.
    Boa semana! Sueli

    ResponderExcluir
  22. Olá Gracita!
    Lindo, sensível e triste...
    Mas, encantador!
    Beijos, Deus cuide de ti 🌹

    ResponderExcluir
  23. Há sempre alguma saudade que nos escorre pelos olhos.

    Gostei daqui.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  24. Uma poesia profunda, tocante! Me emocionei! Parabéns! Abraços

    ResponderExcluir
  25. Um poema muito belo e sentido! Que ganha mais sentido ainda, nesta fase que todos atravessamos... e que por várias razões, nos faz andar a todos, bem mais sensíveis...
    Adorei cada palavra! Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir
  26. Um poema nostálgico, belo, sensível que toca profundamente a alma de quem ama.
    Abraços afetuosos!

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.