quarta-feira, 9 de março de 2016

Inquietude

Silenciosa na quietude do pensamento
Perdida na infinitude do momento
Trancada no isolamento da solidão
Olho a névoa do dia sem concatenar o pensamento
Ou aquilo que nunca consegui compreender

Como água sem movimento 
parada num açude lamacento 
Perdi-me no esquecimento
No vão de um desalento
Vivo a quietude inquietante
 De um grande tormento

E como um simples instrumento
Abandonada ao sabor do vento
Eu só queria que este momento
Permeado pela doce brisa 
e o delicado aroma do amor
Voltasse ao meu coração
Para que tudo mude
E ponha um fim nessa inquietude

27 comentários:

  1. O estado de inquietude pode causar muito desconforto e proporcionar uma bela escolha à poetisa...como neste caso!
    Bj amigo

    ResponderExcluir
  2. Bom dia querida Gracita.
    Que belo poema, me identifiquei completamente com ele. Lindos dias amiga. Enorme abraço.

    ResponderExcluir
  3. Um poema triste,mas lapidado por palavras bem delicadas.
    Muito lindo Gracita.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  4. Oi Gracita!
    Deixei um comentário antes deste, mas não sei se foi...
    Também gostei da sua assinatura, ficou linda!
    Abração esmagador.

    ResponderExcluir
  5. Olá Gracita!

    Mais um bonito poema...


    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  6. Inquietude tão bem expressa em tua inspiração Gracita! bjs,m tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  7. O coração fica agitado quem poderá botar um fim nessa agitação, Gracita publiquei o Prêmio Dardos no Selo dos Amigos, obrigada pela indicação beijos.
    http://selodosamigos.blogspot.com.br/2016/03/premio-dardos-gracitanilanalaice.html

    ResponderExcluir
  8. Lindo poema, Gracita! Quem já não se sentiu assim?! o/

    Bjs grande, obrigada pelo carinho! =)
    Vivendo e Aprendendo
    Fotos e Prosas

    ResponderExcluir
  9. Pois, não sei se algum dia lhe disse, mas, amo os seus poemas.
    Este é mais uma pérola poética! Parabéns

    Beijinhos de boa noite

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  10. Fantástico poema, como sempre!
    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  11. Como sempre as tuas palavras são uma inspiração para se começar bem o dia!

    Bjxxx

    ResponderExcluir
  12. Sei bem o que é isso é a gracita conseguiu transmitir num bonito poema tudo isso ! Tão verdade!
    Um beijinho grande
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  13. A Veces nos quedamos en silencio, la mente ya no quiere más tormentos, como el agua quieta en un estanqué igual de maravillosos son tus versos amiga mía bello como siempre es un gran placer leerte.
    Besitos de luz feliz jueves.

    ResponderExcluir
  14. Que maravilha, Gracita! Bjks Tetê

    ResponderExcluir
  15. Querida Gracita: Amei seu lindo poema.

    Agradeço de coração seus votos pela recuperação da saúde de meu marido, que Graças a Deus Já esta fora de perigo de morte e em casa sendo medicado.
    Muito, muito obrigada, beijinhos Léah

    ResponderExcluir
  16. Haverá dias assim... em que nos deixamos levar por este sentimento... muitíssimo bem descrito... neste lindíssimo poema!
    Como sempre, um encantador momento poético, por aqui...
    Beijinhos! Continuação de uma excelente semana, Gracita!
    Ana

    ResponderExcluir
  17. Simplesmente lindo.
    Espero que essa inquietude passe rápido :)
    Beijinho de boa noite Gracita.

    ResponderExcluir
  18. Esta inquietude está de mudança para outro lugar . Só veio pernoitar aqui . Porque o sol amanhã vai aconselha - la a passar o dia na noite !
    Mas que uma bela inquietude , é!
    O meu beijinho Gracita !:)

    ResponderExcluir
  19. Achei uma inquietude bastante serena té.
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Uma inquietude bastante poética. Que ela dure apenas por uma curto espaço de tempo para que o aroma do amor envolve este doce coração
    Um abraço

    ResponderExcluir
  21. Ô meudeuso!

    Tão singela que até parece uma canção. Ótimo final de semana, querida!

    Bjs no core.

    ResponderExcluir
  22. Um suspiro de saudade e de amor.
    Maravilhoso poema.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  23. Belíssimo! Eis uma verdadeira poetisa!!
    Bjoka, Gracita!

    ResponderExcluir
  24. MARAVILHOSO POEMA QUERIDA E AMADA AMIGA!
    ÀS VEZES A INQUIETUDE TAMBÉM QUER SE ESTABELECER EM MIM, MAS EU A MANDO EMBORA POIS JESUS É MAIOR DO QUE ELA. DESEJO QUE A SUA TAMBÉM DESAPAREÇA LOGO, DOCE AMIGA.
    OBRIGADA PELAS LINDAS PALAVRAS QUE DEIXASTE NO MEU BLOG!
    QUE SEU FIM DE SEMANA SEJA MUITO ABENÇOADO E QUE A QUIETUDE RETORNE!
    BEIJOS COM CARINHO DOCE AMIGA!

    ResponderExcluir
  25. Palavras delicadas num belo poema!! Gostei muito Gracita.
    Bom fim de semana
    Grande beijo

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.