domingo, 7 de agosto de 2016

Apenas um banco vazio

As flores adquirem o acobreado característico do outono.
No chão um tapete se forma com as folhas e flores ressequidas.
É o sinal de que mais um ciclo de vida se fechou.
Um banco vazio é a única personagem
 daquela estrada deserta.

Foi ali que nos sentamos
nos finais de tarde para assistir
o belíssimo espetáculo do pôr sol.
E nesse banco trocamos lindas juras de amor.

Quantos beijos, abraços, carícias e segredos
Mas o tempo passou...
Você se foi e não mais voltou

As juras de amor tenho guardadas no coração
A tristeza invade a alma
As lágrimas rolam devagarinho
e molham o chão

E naquele banco
 que foi o palco  do nosso amor
nunca mais me sentei....
Fico aqui de longe à espreita
imaginando que detrás
de uma dessas lindas árvores
você ressurgirá para arrebatar
 novamente meu coração



37 comentários:

  1. Muito linda tua inspiração e um banco vazio dá bem chances pra isso! beijos, lindo domingo,chica

    ResponderExcluir
  2. Minha querida Gracita
    O seu poema maravilhoso comoveu-me imenso. Embora fale de um outro tipo de amor, também eu tenho agora um «banco» vazio em casa. Só que nem tenho ilusões, pois sei que nunca mais será ocupado.
    Muitos parabéns.Tocou fundo no meu coração.
    Obrigada.
    Muitos beijinhos
    Beatriz

    ResponderExcluir
  3. Hi! This poem is very sad story,but very beautiful. Thanks for sharing.

    ResponderExcluir
  4. Querida, adorei seu poema, seus poemas têm a magia de nos introduzir dentro deles,eu já sou fã, gosto muito das imagens e flores que introduz, eu não sei sequer como se inventa uma imagem com a nossa marca, beijinhos e uma santa semana

    ResponderExcluir
  5. Palavras lindas de um banco vazio à espera do retorno de um grande amor.
    Bjs Gracita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. Boa Tarde, querida amiga Gracita!
    To me libertando sempre... não vale a pena viver no passado...
    Mas, seu poema ficou lindíssimo!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  7. Boa noite querida e meiga amiga!
    Mesmo as situações mais tristes surgem em cenas muito belas através das palavras de quem escreve com o coração, como você. Durante nossa vida precisamos conviver com muitos banco vazios, e acomodar muitas despedidas no coração. Mas a generosidade divina não permite que a tristeza doa eternamente, e a saudade se transforma em nostalgia, temperando a vida com a sabedoria das experiências vividas...
    Desejamos uma semana muito linda pra você!

    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  8. Vamos lá tentar libertar-nos de tudo o que nos faz infelizes...
    Boa semana!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  9. Lindo, gostei bastante desta bela poesia minha amiga.
    Um abraço e boa semana.
    Andarilhar

    ResponderExcluir
  10. Bom dia, Gracita!
    Amo o Outono e para mim, ele sempre teve um ar de nostalgia, assim como seu belo poema.
    A frase com as flores no final, está linda!
    Obrigada pelo carinho na minha postagem.

    Abraços esmagadores e feliz semana.

    ResponderExcluir
  11. Olá Gracita: um banco de jardim que também tem a sua estória para contar, no belíssimo cenário do outono. O seu poema consegue-nos fazer imaginar as personagens.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde Gracita
    Excelente o seu poema, Amei.

    Beijos e uma excelente semana.

    Coisas de Uma Vida 172

    ResponderExcluir
  13. O banco vazio trás recordações de um grande amor, poema lindo belíssima inspiração sua Gracita bjs.

    ResponderExcluir
  14. A nostálgia de um amor de outros tempos.
    Belissímo poema
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  15. Poema maravilhoso amei, tenha uma semana abençoada.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  16. Olá, amiga!!

    Esse banquinho representa juras para todos os enamorados, especialmente o seu,né?
    Nada mais especial que namorar em banquinhos. Amei !
    Beijos no core e feliz semana,querida!

    ResponderExcluir
  17. Lindo Poema Gracita? tu escreves muito bem, parabéns.
    Beijinho e um bom dia para ti.

    ResponderExcluir
  18. Nostálgico... mas lindíssimo, este seu poema, Gracita!
    E seu conselho... já o sigo... por vezes, temos que dar uma despedida... bem outonal... nos que nos deixa infelizes... para que cheguem outras Primaveras, em nosso espírito...
    Deixando um beijo imenso, e um abraço bem apertado, por estes dias, em que estarei fazendo uma pausa... mas contando voltar aos blogues, no início de Setembro...
    Tudo de bom! Continuação de uma boa semana, e um feliz Agosto, para você e todos os seus!
    Até breve!
    Ana

    ResponderExcluir
  19. Lo primero MUCHAS Gracias por tus palabras de cariño, pero viendo la sensibilidad de este poema, que me ha encantado, te felicito por tus entradas. Espero que me visites en mi nueva entrada "10 coses que se pueden hacer este verano" elracodeldetall.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Boa tarde querida Gracita.
    Que Belo e tocante poema. O amor é uma dádiva. Mesmo que as vezes sentirmos na pele a saudade de um amor Que partir deixando Um vazio. Amei também a linda imagem. Uma feliz semana. Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Momentos preciosos bem traduzidos em poema.
    Um vazio cheio de boas lembranças. ♥ bjs

    ResponderExcluir
  22. Banco deserto ficou
    E a esperança se esvai.
    O Amor que lá passou
    Já não é o que restou,
    Mas o que do Céu lhe cai.


    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  23. Um banco vazio?
    Se falasse...quantas histórias seriam contadas!!!
    Gostei imenso...bj

    ResponderExcluir
  24. OI GRACITA!
    TEU POEMA É NOSTÁLGICO E BELO AO MESMO TEMPO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Tamanha sensibilidade na sua expressão poética que pude visualizar, mentalmente, toda a cena... Os meus aplausos!! Beijinhos de luz!!

    ResponderExcluir
  26. Você conseguiu da melancolia e da saudade fazer um encantador poema!
    Um beijo, querida.

    ResponderExcluir
  27. BOA TARDE AMADA AMIGA!
    QUE BELO POEMA, PODEROSA DECLARAÇÃO DE AMOR.
    ME DELICIEI LENDO ENTRE LÁGRIMAS, POIS O MEU FOI E NÃO VOLTARÁ!
    TEUS POEMAS REVIVEM EM MINHAS LEMBRANÇAS OS MOMENTOS QUE PASSAMOS JUNTOS EU E MEU MARIDO!
    É BOM RECORDAR!
    UMA QUARTA FEIRA DE MUITA PAZ NO SENHOR!
    BEIJOS QUERIDA AMIGA!

    ResponderExcluir
  28. Sempre arrasando amiga poema maravilhoso
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  29. Um poema belíssimo, que fala da tristeza de um amor
    partido. Mas que é adornado pelas flores e folhas do outono
    Muita beleza no outono, pena que o amor se foi
    bjs

    ResponderExcluir
  30. Oi Gracita, demorei mais vim, boa noite pra você...
    Que poema lindo uma linda declaração de amor, perfeito...
    Uma boa quinta feira pra você...
    Bjuss

    ResponderExcluir
  31. Nossa que linda poesia com perfeitas expressões poéticas cantando a beleza da natureza e o lamento de um amor guardado no peito, parabéns...

    ResponderExcluir
  32. Thanks Gracita it was a nice comment you gave me ..
    Wish there a nice and wonderful week ..
    Lots of hugs from me Night Lady // Nicki

    ResponderExcluir
  33. a passar por cá para desejar um ótimo dia!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  34. Lindo Poema Gracita!! Sob o fogo de uma paixão!!
    São palavras bonitas que agradam a um coração,
    mas quando a paixão apaga!!
    Fica apenas o vazio de uma grande solidão.
    Lindo!! Adorei... beijinho amigo.
    Luísa Fernandes

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.