quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Falando com Deus

Senhor,
Outro dia fiz uma colcha de retalhos.
 Todos os restinhos de pano que guardei iam servir.
Ao pegar cada pedaço recordava-me das pessoas, acontecimentos...
como se cada um tivesse sua história para contar.
Fui costurar.
 Cores que à primeira vista não combinavam
padrões e desenhos totalmente diferentes
 tudo se ajuntou.

A colcha ficou pronta.
E como ficou bonita!
E fico pensando:
Tu criastes todos os seres diferentes.
 Ninguém é igual ao outro.
Nada de repetição e monotonia.
 E não são diferentes só fisicamente.
Todos pensam diferente
sentem diferente, agem diferente.

 Um completa o outro.
 Um apoia o outro.
Que maravilha é uma "colcha"
de tantos seres diferentes
 formando a humanidade.

Por que quero que todos sejam iguais
 pensem iguais, sintam iguais?
Eu sou um pedacinho no grande conjunto.
 Embelezo sua criação de um determinado modo.
 Outros realçam outras cores, outros padrões.
Importante é querer ser "costurado"
aos outros padrões e não ficar isolado.

 Todos unidos na procura da união e da fraternidade
 cada um a seu modo
 formam a grande unidade na pluriformidade.

 Obrigada SENHOR por me fazer compreender
o quão importante é ser parte deste conjunto
 e não o centro que gravita isolado
no universo da tua maravilhosa CRIAÇÃO.
(Gracita)

Seja sempre bem vindo(a) ao meu blog!
É uma honra recebê-lo(a)
Sinta-se à vontade!
Esta casa da poesia é sua...
Meu afetuoso abraço e um beijinho pleno de ternura

17 comentários:

  1. UAU. Simplesmente DIVINO. Parabéns Poetisa

    Hoje:- Pétalas em paixão silenciosa.
    .
    Bjos
    Votos de uma noite de feliz, do namorados.

    ResponderExcluir
  2. Uma belíssima conversa através da poesia!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Aplaudindo daqui tua conversa com o Senhor! Linda demais e cheia de verdade...Cada um é um pedacinho diferente...Bom é saber conviver, aceitar as diferenças e bem viver! Adorei! beijos, chica

    ResponderExcluir
  4. Soberbamente Divino!!

    Beijo e um dia Feliz.

    ResponderExcluir
  5. Uma benção as suas palavras Gracita!
    Amei.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. Linda postagem!
    Que estejamos sempre livres de um mundo de "iguais." As diferenças nos enriquecem.

    ResponderExcluir
  7. Olá, querida amiga Gracita!
    A gente anda querendo padronizar pessoas e sentimentos... talvez aí resida nosso erro maior...
    Somos diferentes e tentamos padronizar... As aparências enganam e cada um é um no seu modo de sentir e amar...
    Amo quando posso ser gratuita em tudo e não sofrer... é dom! É o que almejo em termos de particularidade para mim...
    Seja muito feliz e abençoada!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  8. Maravilhada com este diálogo tão sábio e verdadeiro. Parabéns Gracita
    Um abraço

    ResponderExcluir
  9. Encantadora essa sua conversa com o Senhor do Alto.
    Te aplaudindo daqui
    Beijinhos no core

    ResponderExcluir
  10. olá Gracita:
    bela mensagem.
    que encanto maravilhoso !!
    grande abraço.
    :o)

    ResponderExcluir
  11. Querida Gracita
    Um belo poema à Criação, que é uma maravilha!
    De vez em quando, é bom pensar e reflectir sobre certos assuntos, como este,
    Obrigada por me proporcionar tão belo momento.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  12. Uma linda reflexão através de versos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Gracita
    Que sabedoria em teu poema! Uma bela comparação entre o trabalho das mãos humanas e o trabalho de Deus, que dá a cada um de nós instrumentos para concretizar Sua vontade no mundo. Ninguém é tão pequeno nem tão simples que não possa dar sua contribuição, e o mais importante é fazer com gosto e capricho cada pequenina tarefa que nos cabe; de nada adianta almejar grandes obras que apenas contentarão a nossa vaidade e que nenhum bem trarão ao coletivo, muito menos menosprezar o trabalho do companheiro que teceu com cores e linhas diferentes das nossas: tudo são talentos dados por Deus para completarmos a Sua obra.
    Um abraço!
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  14. Gracita suas poesia são um bálsamo para a nossa alma!!!bj

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.