segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

A última valsa

A orquestra executava a última valsa da noite
No salão vazio eu completamente hipnotizada
olhava-te de soslaio para não demonstrar
o desejo que me consumia de estar nos seus braços

Num instante fugaz nossos olhares se encontraram
você se aproximou sorrindo e convidou-me para bailar 
Entreguei-me a ti suspirando de prazer e tesão
abraçou-me com delicadeza e começamos a valsar pelo salão

Lembranças de outrora afloraram em minha mente
Eu te amei da forma mais intensa que pudesse existir
Você me ofereceu seu colo e eu me entreguei aos seus carinhos

Tu foste embora quebrando-me em mil pedaços
Eu te amava com tanta intensidade sem nenhuma reciprocidade
E hoje pedes-me uma última valsa deixando-me contorcer de amor

Me comprometi sem restrições com o nosso amor
Eu fui totalmente sua na minha doce ingenuidade
Você foi racional na sua parcialidade unilateral
Sou uma sobrevivente do amor não correspondido
que acompanhou-te no bailado da nossa triste e silenciosa despedida
(Gracita)

36 comentários:

  1. Boa noite, querida amiga Gracita!
    Ser o Amor não correspondido e sair ileso de cabeça erguida ainda que com o 💙 cheio de sentimentos misturados... não é para qualquer uma.
    Poetar sobre tal realidade é uma arte, amiga.
    Um poema desse porte mostra que a mulher saiu mais inteira do que imagina a poeta.
    Felicidades e bênçãos para você!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem
    😘😘😘

    ResponderExcluir
  2. Sublime! Voltei a encantar-me com a sua poesia

    Boa semana

    ResponderExcluir
  3. Triste dança,linda poesia! beijos, chica e ótimo dia!

    ResponderExcluir
  4. Olá, Gracita
    Tristinho... mas muito lindo.
    Assim acontece, muitas vezes, na dança da vida. Amores desencontrados, não correspondidos, e a tristeza de quem se sente só.
    Resultado de tudo isso: um excelente poema!

    PS - Aproveito para lembrar que no próximo dia 14 a minha "CASA" completa mais um Aniversário. Gostaria de a ver entre os convivas 😉

    Feliz Terça-feira e uma boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Gracita!
    Um poema lindo demais! AMEI...

    Beijos e um excelente dia!

    ResponderExcluir
  6. Que lindo Gracita!
    A última valsa bem sinaliza o início de novos tempos, o fim de um amor não correspondido e ser sobrevivente mantendo a doçura com poetice e leveza é simplesmente apaixonante e essas palavras inspiradoras e empoderadas.
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. HERMOSO ROMÁNTICO POEMA. BESOS QUERIDA AMIGA FELIZ MARTES.

    ResponderExcluir
  8. Bonsoir chère amie,

    A l'aube de la St Valentin, quel bel hommage à l'amour ! De très jolis mots...
    Gros bisous à vous Valentine !

    ResponderExcluir

  9. Boa tarde, amiga Gracita,

    O teu belo poema diz muito desse baile que é a vida, inspirado poema num amor que se desfez, que secou qual uma pétala marcando uma página de um livro, num tempo que já passou. Parabéns minha amiga!
    Uma ótima semana, com muita paz e alegria.
    Beijo
    Pedro

    ResponderExcluir
  10. Você é uma Poetiza de elevado valor. Este poema tocou-me. Obrigada e parabéns :))

    HOJE, DO GIL ANTÓNIO :- Cintilantes olhos verdes

    Bjos
    Votos de uma óptima Noite.

    ResponderExcluir
  11. Quando se consegue sair de relacionamento que deixou dor e mágoas é porque já está fortalecida e pronta para amar novamente. Belíssimo poema
    Um abraço

    ResponderExcluir
  12. Um baile romântico, uma valsa como despedida e o deslumbre do teu excepcional versar
    Lindíssimoooooooo
    Beijokinhas

    ResponderExcluir
  13. Querida Amiga.
    Esta poesia intensa em felicidade e dor está sobremodo bela e comovente.
    As pessoas deveriam, de facto, ter imensa cautela, mas o tal cupido é cego...
    É assim o amor, pode ser um mar de felicidade, mas também pode ser um oceano de dor, mas dizem que não há nada melhor para curar um mal de amor, do que arranjar um novo amor.
    Parabéns pela inspiração e pelo belíssimo texto poético.
    Abraço grande e terno de grande Amizade. ⭐⭐
    Uma feliz despedida de férias.
    Um par de beijos.
    ~~~~~~

    ResponderExcluir
  14. Uma despedida triste e que deixou saudades pelo encantamento do encontro em um valsar.
    Lindo amiga Gracita.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  15. Olá Gracita,
    Tão belo poema com a tristeza de um amor não correspondido.
    Bjs, Sueli

    ResponderExcluir
  16. Uma entrega silenciosa.

    Olá Gracita. Obrigada pelo carinho e pela ida no POETIZANDO.
    Xeru

    ResponderExcluir
  17. Uma musa completamente entregue ao amor perdendo o seu amado numa triste e silenciosa despedida. Muito lindo e triste também
    Beijinhos no core

    ResponderExcluir
  18. Que poesia mais linda!

    nicenessbeauty.com

    ResponderExcluir
  19. Amor não correspondido tem cura...
    Excelente poema, gostei muito.
    Gracita, continuação de boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  20. Que lindo poema, Gracita! A gente se imagina dentro dele! Parabéns!
    Bjs e ótimo final de semana!
    http://dedeartes-denise.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Boa noite querida amiga
    Um poema muito belo e tão sofrido. Um lindo e abençoado final de semana. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  22. querida Gracita:
    que poema delicado e lindo escrito por suas mãos abençoadas !!
    grande abraço.
    bom fim de semana
    :o)

    ResponderExcluir
  23. Muchas gracias amiga, por tu cercanía y presencia.

    ¡Feliz fin de semana! Un fuerte abrazo.

    ResponderExcluir
  24. Olá Gracita

    Quão delicada e saudosa esta última valsa!

    Creio que certas danças, embora inesquecíveis, não devam se repetir. Ficam a dor da saudade e o carinho das lembranças

    Abraço

    ResponderExcluir
  25. Se nos traz dor e sofrimento, desconfio que seja amor. Alias, o amor é a única coisa que branda tudo nessa vida. Que bom teve um fim esse amor não reciproco. Poesia bela, de uma sensibilidade impar.

    Grande abraço querida amiga,
    Dan
    https://gagopoetico.blogspot.com/

    ResponderExcluir

  26. Boa noite!
    Chegando com mais um convite para o poetizando e Encantando.
    A cada semana um desafio mais, mais difícil, mas é gratificante participarmos com nossa poesia ou prosa poética e apreciar as lindas participações dos amigos e amigas.
    Mais uma vez ficarei feliz e agradecida com sua maravilhosa participação.
    Já dizia o poeta, “ A poesia sai da alma, embeleza e vida e afaga corações”.

    Abraços com desejos de um brilhante fim de semana, com muitas alegrias, saúde e paz.

    ResponderExcluir
  27. Boa noite Gracita! Viveu intensamente, o que é uma experiência única! Também é preciso esquecer para voltar a viver, intensamente, outras histórias. Beijinhos

    ResponderExcluir
  28. A poesia é linda, mas recordar é viver, e reviver um amor não correspondido é sofrer.
    Mas é assim que os poetas são, vivem momentos tristes, ou se inspiram em estorias de outras pessoas e as transformam em lindos poemas.
    Seja de uma forma ou de outra suas poesias são sempre lindas e gosto de lê-las.
    Parabéns, beijinhos Léah

    ResponderExcluir
  29. Querida Gracita; A última valsa sempre nos trás recordações, geralmente são lembranças de formaturas. E essas recordações são boas ou ruins, mas recordar é viver, e transformar recordações em poesias é a pratica dos poetas, e você sabe fazer esta pratica com maestria.
    Parabéns amiga o poema ficou lindo.
    Beijinhos Léah

    ResponderExcluir
  30. Gosto tanto da sua Poesia....
    Maravilhosa
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  31. Boa tarde bela poesia, a ultima valsa é aquela que mais se recorda.
    AG

    ResponderExcluir
  32. A ultima valsa dentro de um adeus.
    A melancolia mistura-se nas lembranças que não amenizam a dor.
    Os passos se perdem e fica no peito esta estranha solidão.
    Aquieta coração que meus olhos já não choram mais.
    Belo trabalho da poesia dentro do desencontro de sentimentos.
    Meus aplausos pela construção querida amiga.
    Beijos

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.