terça-feira, 18 de julho de 2017

Adoçando a poesia

Quando escrevo uma poesia
ponho mel nas palavras
néctar no coração
açúcar no sonho
e suavizo os versos
com raios de luar

Bordo as estrofes
com pó dourado do sol
e finalizo cada citação
com o perfume do amor
porque assim tudo
fica  mais doce e agradável
para ser saboreado 
com alegria e emoção

30 comentários:

  1. Gostei muito, Gracita, do seu poema "Adoçando a poesia". Um poema sensível, delicado e belo. Essa é a minha amiga poetisa. Parabéns.
    Um abraço.
    Pedro

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Gracita
    E esta poesia ficou tão doce e tão saborosa!!
    Me deliciando com esse néctar carregado de sensibilidade
    Maravilhosoooo
    Beijokinhas

    ResponderExcluir
  3. E fica uma doce poesia!
    Linda Gracita.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  4. Ah, que lindo, amei, doce como você amiga Gracita, parabéns pela bela inspiração, ador alegria e doçura!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  5. Sempre lindas tuas inspirações e desta vez, doces...bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  6. Olá amiga,que rica inspiração , tão terna e doce igual a autora.

    Bjss!

    ResponderExcluir
  7. Amiga o link abaixo é do blog Amigos da Terceira Idade, estava parado e resolvi ativar.Se puder visite e deixe suas impressões.

    https://gruponordestepb.blogspot.com.br/
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. É por isso, quando leio a sua poesia,
    as letras não me sabem nunca amargas
    há muito tempo desconfiava, não sabia
    de que você com mel adoçava as palavras!

    Tenha uma boa noite e bons sonhos cara amiga poetisa Gracita, um beijo,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  9. Você adoçou a minha noite com esse seu jeitinho lindo de poetar,querida amiga Gracita!"Bordo as estrofes com o pó dourado do sol". Demaisssssss! Belíssimo! Pérola das pérolas!
    Amo seu espaço!

    Recebi sua atualização porque seu blog está na minha lista de "Blogs a visitar",à direita do meu,com seu nome.

    Beijos sabor carinho e uma terça-feira de paz profunda

    Donetzka

    ResponderExcluir
  10. E ficam bem docinhos...

    https://diamonds-inthe-sky.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  11. Olá Gracita!
    Que doçura de poesia, doce como você...
    Um beijo no coração!

    ResponderExcluir
  12. Que linda essa poesia Gracita.
    Lindamente escrita adoçando minha noite.
    Beijos e uma boa semana!
    Escrevinhados da Vida

    ResponderExcluir
  13. E que doçura minha amiga
    De uma ternura e delicadeza ímpares
    Amei este poema que adoçou a minha noite
    Um abraço

    ResponderExcluir
  14. Verdade é cheia de doçura e muito mel, gostoso de se ler. Parabéns poetisa. Amo vc e Deus ainda mais

    ResponderExcluir
  15. E eu já notei isso há muito tempo!! Por isso tuas poesias são suaves, doces!
    Beijo, querida, um 'Feliz Dia do Amigo'!!!

    ResponderExcluir
  16. Poesia doce tão saborosa!
    Linda demais! Adorei!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Doce e terno o teu poema.

    Saborear a tua poesia é algo maravilhoso, puro mel que nos faz bem.

    Beijinhos, querida Gracita

    ResponderExcluir
  18. Gracita a poesia ficou uma delícia gostei do adocicado, você sempre adoçando nas palavras, Gracita bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  19. Sua doce e terna poesia é digna de inúmeros aplausos. Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Olá, maravilhosa poesia adocicada com mel nas palavras.
    Feliz fim de semana,
    AG

    ResponderExcluir
  21. Parabéns pelos doces versos. Um belo dia com um encantado fim de semana

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.