terça-feira, 15 de setembro de 2020

1ª Edição do Café Poético - Mês de Setembro

 

E vem desfilando com elegância a poetisa Verena derramando em nosso tapete literário lindas pétalas de amor e fazendo florescer em nossos corações todo o carinho e a ternura de seus afáveis versos fazendo luzir o amor que preenche nossos corações

Minha pequena Luisa

A vida permitiu

 que eu assistisse

 a lindos momentos que

 tive receio de não poder ver.

 

Tenho  a felicidade de ter uma netinha

 que só me dá alegrias e motivos para sorrir!

Vovó nem sente o tempo passar

 quando está com você.

 

Me emociono quando lembro do que você

me disse no dia em que voltou para

Alemanha com a sua mamãe:

"Vovó não posso te levar comigo

 mas te levo no meu coração."

 

A vida ainda lhe reserva muitas surpresas.

Torço para que tudo dê certo para você.

Nunca deixe de correr atrás do que lhe faz feliz nem

desista do que lhe parece ser difícil demais de alcançar.

 

Mesmo estando longe

 saiba que no meu coração você

 tem morada permanente.

Já estou contando os meses

 para te ter em meus braços novamente.

Muitos beijinhos com carinho

Vovó Verena

 E na próxima Edição do Café Poético teremos a poetisa Luísa Fernandes


72 comentários:

  1. A distância e saudade daqueles que gostam não é fácil de controlar....

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  2. Aqui que lindo esse poema... Eu amei,, parabéns
    Beijinhos
    Cátila Santos

    ResponderExcluir
  3. passando por aqui para te desejar um abençoado setembro !!
    felicidades .

    ResponderExcluir
  4. Querida Gracita
    É uma honra poder participar do seu café poético.
    Infelizmente meu marido terá que se submeter a delicada cirurgia.
    Deixo para ti o meu carinho e agradecimento.
    Beijinhos muitos
    Verena.

    ResponderExcluir
  5. Que amor! Lindo amor bem declarado entre vovó e netinha!Adorei! beijos pra todas! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho de sempre, Chica.
      Beijinhos
      Verena

      Excluir
  6. Bom dia de muita paz, queridas amigas Gracita e Verena!
    Ante o Amor de vó INCONDICIONAL nascem as mais puras poesias.
    Verena é tão feliz com seu botão de rosa... Sou testemunha desde a gestação.
    Que delicadeza na poesia!
    Um momento singelo que enriquece nosso ser.

    Nunca deixe de correr atrás do que lhe faz feliz nem
    desista do que lhe parece ser difícil demais de alcançar.

    Que sabedoria contida nos versos!
    Para a vida, em todas circunstâncias, sejamos perseverantes e fiéis no que amamos, proporcionando somente o bem aos que tão bem queremos.
    Estou encantada com a beleza da forma de escrever espontânea, como gosto, da nossa querida amiga Verena que tive a alegria imensa de conhecer no RJ e com ela me encontrar muitas vezes.
    Parabéns, querida amiga Gracita, por nos ofertar momentos de paz, alegria, poesia sempre de alta qualidade!
    Você faz a diferença no mundo virtual.
    Parabéns, querida amiga Verena, por ser como é, indiscutivelmente singela e profunda no AMOR!
    Tenham ambas dias felizes e abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto muita saudade das amadas filha e netinha,como você bem sabe, querida amiga.
      Obrigada pela sua atenção e carinho para conosco.
      Beijinhos
      Verena

      Excluir
  7. Bom dia, querida Verena!

    Que bela e carinhosa prosa poética você dedicou a sua amada netinha Luísa! A distância, e quando amamos muito alguém, é dolorosa, mas pense no reencontro dela com você.
    Vovô e vovó são nossos segundos pais e mães, e vocês se sentem agora mais disponíveis e amorosos do que nunca. Quando foram pais, a idade e a vida eram outras, mas, agora os tempos mudaram para melhor, penso eu, e vocês guardam em vossos corações todo o amor do mundo. Muitas felicidades e saúde para a sua netinha.

    Sucesso para a delicada cirurgia a que seu marido vai ser submetido. O Universo é bom.

    Beijos e um grande abraço para você e para nossa amiga Gracita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho, querida Céu.
      Um beijinho enorme
      Verena.

      Excluir
  8. Que doçura de dedicação à netinha, parabéns, Verena, é um afeto muito bonito de se ver e sentir!
    Abraço, Gracita e Verena!

    ResponderExcluir
  9. Me encantei com o amor transbordado na prosa poética dedicada à Luisa, pela vovó Verena. Em cada frase desfilam declarações amorosas e tão conhecidas por nós, avós.Uma participação encantadora.

    Bjos pras duas,
    Calu

    ResponderExcluir
  10. Gratidão pelo carinho, querida Calu.
    Um beijinho
    Verena

    ResponderExcluir
  11. Bom dia Gracita,
    Que encanto mais este belo Café Poético!
    Verena é uma querida e neste belíssimo poema expressa todo o amor que nutre por sua querida netinha, Luisa, que tem sempre no seu delicado e amoroso coração.
    Que em breve se possam abraçar e que Luisa seja sempre uma menina muito abençoada.
    Beijinhos e abraços para as três.
    Ailime

    ResponderExcluir
  12. Você sempre atenciosa, querida Ailime
    Obrigada pelo carinho.
    Muitos beijinhos
    Verena.

    ResponderExcluir
  13. Vóvó babadinha. Poema muito bonito que muito me fascinou ler. O amor dos vóvós é de uma pureza elogiável
    .
    Um dia feliz
    Abraço

    ResponderExcluir
  14. Hermosos versos de una abuela, a una Nieta, que busca su mundo, su necesidad de ser. Siempre permanece el amor.Nos deja de enseña, el poema que traes a colación, Gracita. Un abrazo. Carlos

    ResponderExcluir
  15. que bom beber um cafezinho assim com esta lindo poema esta 5* parabens bjs

    ResponderExcluir
  16. Gratidão.
    Um carinhoso abraço.
    Verena

    ResponderExcluir
  17. Linda a demonstração dese amor de Verena com sua netinha. Gostei muito de ler. Emocionante.

    Um abraço a Verena e a Gracita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço o seu gentil comentário, Elys
      Um grande abraço
      Verena

      Excluir
  18. Boa tarde Verena, que linda declaração para a tua amada netinha! Bjs, Sueli

    ResponderExcluir
  19. Gratidão, querida Sueli.
    Um beijinho carinhoso
    Verena

    ResponderExcluir
  20. Quanta ternura e amor de uma avó por sua querida netinha
    Tão carinhosa a sua declaração de amor, Verena
    Maravilhada com a sua prosa
    Bjim

    ResponderExcluir
  21. A vovó se derretendo de amor e saudades da querida netinha
    Um poema amoroso e cheiinho de ternura
    Muito lindo Verena
    Beijitos

    ResponderExcluir
  22. Amiga Gracita, vou fazer uma série de postagens sobre o setembro amarelo, e estou divulgando para os amigos para que efetivamente alcance mais pessoas. Se quiseres, podes copiar uma imagem da postagem e postar aqui caso deseje ajudar na divulgação desta nobre causa. Tb tenho um site de poemas mas oportunamente voltarei aqui pra te apresentar. bjs com carinho

    https://espiritizareamar.blogspot.com/2020/09/setembro-amarelo-sera-o-suicida-covarde.html

    ResponderExcluir
  23. É linda esta poesia, esta declaração da Verena do amor maior de vovozar e nós que a acompanhamos a longo tempo, bem sabemos desta alegria e dedicação no amor à netinha, presente em seus versos e painéis de seus blogs. nesta poesia a linda declaração da Luisa é emocionante ao se colocar no lugar da Verena com os olhos cheios úmidos ser acalentada pela netinha e assim um lindo sorriso aflorar diante tamanho amor recebido.
    Belo café com esta querida amiga que sempre tem belas mensagens para nós.
    Bem vinda Verena ao cantinho fofo da Gracita.
    Beijos para as duas amigas.
    Minha admiração com carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão pelo carinhoso comentário, amigo Toninho.
      Um fraterno abraço.
      Verena

      Excluir
  24. Uma linda e amorosa declaração de amor pela netinha tão amada
    Ficou super fofo e ternurento o seu poema, Verena
    Abracinhos

    ResponderExcluir
  25. Oi querida Verena!
    Que magnífico poema, "Amor de Vovó". Que riqueza que só quem é avó conhece... e poderá entender tal amor e carinho mais fofinho. Verena, minha amiga, Graças a Deus tive oportunidade de conhecer esse dom há quatro anos... e acabou de chegar mais uma linda menina no bico da cegonha fez quinze dias hoje. Amei o seu poema. Parabéns pela inspiração e pela sua prova de amor de vovó. Gostei muitíssimo.
    Beijinhos para vovó e neta, sem dispensar a nossa amiga Gracita que a Ela devemos todo o carinho e oportunidade do"Café Poético. Beijinhos Gracita.
    Luisa Fernandes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Luísa
      Obrigada pelo seu terno comentário.
      Um beijinho para você e suas netinhas.
      Verena

      Excluir
  26. Que homenagem mais carinhosa e emocionante! Vovó, também estamos contando os minutos para fazermos muitas bagunças por ai! Se cuide e fique bem! Você mora no meu coração.
    Beijao da sua netinha que te amo muito e para a Tia Gracita. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que amor!
      Um beijinho e todo o meu carinho
      Verena

      Excluir
    2. Oi Karol
      Muito feliz com a sua presença aqui em nosso Café Poético
      Dê um beijinho estalado na bochechinha da princesa Luísa
      Beijinhos poéticos

      Excluir
  27. Gostei de ler este belo amor e afecto à netinha.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderExcluir
  28. Obrigada, Francisco
    Um grande abraço
    Verena

    ResponderExcluir
  29. Gratidão,Terêsa Isabel
    Um grande abraço.
    Verena

    ResponderExcluir
  30. Que carinho lindo da Vovó Verena para sua netinha Luísa
    Penso que as avós são anjos revestidos de amor
    Muito lindo amiga Verena
    Beijokinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Amarilis
      As avós são anjos revestidos de amor.
      Que lindo!
      Um beijinho carinhoso.
      Verena.

      Excluir
  31. Já estou imaginando o quão emocionante será esse reenconto
    Abraços... beijos e muitos sorrisos para a alegria da vovô e da netinha
    Bjssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu terno comentário, Elise
      Um carinhoso abraço
      Verena

      Excluir
  32. Que linda declaração de amor
    O poema exala amor e ternura pela netinha amada
    Muito lindo, Verena
    Beijinhos no core

    ResponderExcluir
  33. Un placer leer este lindo poema. Saludos a la distancia.

    ResponderExcluir
  34. A expressão máxima do amor de uma avó saudosa por sua amada netinha
    Poema belíssimo, Verena
    Beijos

    ResponderExcluir
  35. Grande ternura envolvendo os sentires desse grande amor
    Que poema maravilhoso
    Adorei ler a sua declaração, Verena
    Bjocas

    ResponderExcluir
  36. Que bom que gostou, Sophie
    Muito Obrigada!
    Um carinhoso abraço
    Verena

    ResponderExcluir
  37. ♥ ☾ ❀ Ficou muito lindo e fofo seu poema,Verena!
    As avós são mães duas vezes por isso a ternura é dobrada!
    ♥ ☾ ❀

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo seu doce comentário, querida Ane.
      Um carinhoso abraço
      Verena.

      Excluir
  38. Olá, amiga!

    Vejo que por aí ainda se vai fazendo alguma coisa pela poesia.

    Aqui, parou tudo...

    Saudações poéticas!

    ResponderExcluir
  39. Quanto Amor, Ternura e Beleza!
    Emocionante...
    Parabéns, com votos de muitas felicidades para ambas
    e família.
    O meu abraço amigo. 🤍🤍
    ~~~~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo gentil comentário, querida Majo
      Um carinhoso abraço
      Verena.

      Excluir
  40. Concordo com você, Luiza
    Obrigada!
    Um carinhoso abraço
    Verena.

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.