quinta-feira, 2 de julho de 2015

Entardecer no sertão

A luz dourada do entardecer espelhava-se nas águas cristalinas do regato
E os vultos das frondosas árvores projetavam suas sombras contra o sol poente
Era o soberbo momento em que o astro rei recolhia sua cabeleira dourada.

Deixei que meus passos me guiassem até a margem oposta do regato
E sob uma grandiosa árvore de galhos frondosos me sentei 
sentindo a relva macia acariciar o meu corpo.
A brisa fresca soprou as mechas do meu cabelo.                    

Volvi meus olhos verdes para o céu e fui envolvida
 pela magia das nuvens alaranjadas
Que enviaram suas nuances matizadas 
sobre a velha porteira colorindo o chão de terra batida
O silêncio se abateu sobre o sertão
 e só se ouvia ao longe o pio de uma velha coruja.

A saudade tocou-me profundamente 
e sem que eu pudesse controlar as lágrimas rolaram
E se misturaram com as águas límpidas e transparentes
 daquele esplendoroso regato
O som provocado pela dança daquelas águas 
chegaram a mim como os acordes de um violino

Pássaros coloridos sobrevoaram a velha árvore
 e vieram pousar na outra margem do regato
Suas ricas e coloridas plumagens atraíram o meu cândido olhar
 e em instantes  alçaram voo
Meu pensamento acompanhou aquele voo rasante
 deixando incrustado em minh’alma
A doce lembrança daquele magnífico entardecer 
no meu amado sertão.


25 comentários:

  1. Olá, Gracita!
    Seu poema realmente nos leva a um ambiente quente de uma tarde ensolarada!
    Ajudou a aquecer um pouco esse tempo frio de Inverno aqui no Sudeste.
    Abraços!

    Link Direto

    ResponderExcluir
  2. Olá minha boa e doce amiga!
    Também já tinha saudades de ler a sua linda poesia, e os seus comentários sempre repletos de carinho.
    Muito obrigada minha querida, é sempre uma delícia receber na minha pagina, o vosso carinho minha amiga, quando estou aqui, esqueço-me completamente da distância que nos separa; embora eu acredite que esta separação é só fisicamente... ! Psicologicamente nós estamos bem juntinhas. Te gosto muito minha amiga, foi Deus que nos juntou... não importa a distância... nossos corações estão juntos. Beijinhos com o meu carinho, amiga em Cristo!
    Josélia.

    ResponderExcluir
  3. Um belíssimo e poético... poente repleto de magia e saudade!!! Bj

    ResponderExcluir
  4. Mais um belo poema.

    Tenha um ótimo fim de semana Gracita.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  5. Que lindo cenário te inspirou,Gracita! Linda poesia! bjs, chica

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Gracita
    Que poema maravilhoso, este.. um consolo de ler. Amei

    Bom fim de semana
    beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Este texto fez-me viajar a um lugar que você colocou na minha cabeça e que acalmou meu dia, obg
    Beijos querida

    http://strawberryleopard.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Gracita.
    Que alegria amiga ler os seus poemas, já estava com saudade e triste pela sua ausência. Seus poemas são divinos, tocam o nosso coraçao. A saudade do sertão mais um poema lindo. Um feliz final de semana. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Magnifico e belo entardecer.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  10. Muito lindo Gracita,viajei até o sertão para ver esse lindo entardecer.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  11. Há lembranças que nunca perdemos, e que continuam a ter o mesmo efeito em nós.

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  12. Amiga saudade deste lugar tão aconchegante que viajei
    atraves destas letras arrasou como sempre bjs amiga,
    bom final de semana
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=eNNlFtDc1-o
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá Gracita, tocante suas palavras... Levaram-me certamente à minha infância na roça, a porteira, a coruja e por vezes, lágrimas de saudades... Para mim, estas palavras reportam sensibilidade, saudade, contentamento, candura e até mesmo alegrias!
    Beijos, lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  14. Magnífico, gostei imenso.
    Gracita, há muito tempo que gosto do que publica e do seu blogue.
    Por isso, estou certo que vou passar por aqui muitas vezes.
    Saudações poéticas.

    ResponderExcluir
  15. "A saudade tocou-me profundamente
    e sem que eu pudesse controlar as lágrimas rolaram
    E se misturaram com as águas límpidas e transparentes
    daquele esplendoroso regato
    O som provocado pela dança daquelas águas
    chegaram a mim como os acordes de um violino"

    ain saudade, morrendo de saudade dos meus pais.

    http://www.morenaemoderna.com/

    ResponderExcluir
  16. Querida poetisa!
    Mais um belíssimo poema
    Lindo entardecer.
    Desejo um feliz fim de semana.
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  17. Amiga Gracita, visualizei todo esse belo cenário e voei junto com os pássaros coloridos até ao horizonte dourado do sertão.
    Beijinho e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  18. Entardecer no sertão,
    do regato, água cristalina
    tirada com o caldeirão
    para dela beber a menina,

    Ela é linda, vejo eu,
    poema maravilhoso
    Gracita, escreveu
    eu li depois do sol posto!

    Tenha amiga Gracita, uma boa noite e um fim de semana maravilhoso, um beijo.
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  19. Brilhante!! lindo de mais...Amei ler.

    Bom fim de semana- Bjs-http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  20. Amiga, que dom maravilhoso que tem para descrever os ambientes.
    Mesmo morrendo de frio aqui, consegui me transportar para o seu sertão, para o entardecer, para a ambientação toda e consegui sentir os sentimentos ruins de saudades da personagem.
    Incrível como escreves bem! Meus parabéns!

    Rivotril com Coca-Cola

    ResponderExcluir
  21. r: O objetivo é mesmo esse: focar nos detalhes bons :)
    Obrigada! Beijinhos*

    ResponderExcluir
  22. O entardecer é a celebração dos encantos do dia que, individualmente, tem a sua particularidade, a sua magia, a sua identidade. No Sertão, tudo se conjuga para que os pensamentos se repartam nas ligações nostálgicas.
    Lindo Poema/Descrição.



    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  23. r: Muito obrigada!
    Bom domingo, beijinhos*

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.