terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Metade de mim


A natureza confabula com seus ecossistemas
deixando o ambiente mais triste e vazio
parecendo ler a nostalgia
que assombra minh'alma

Na linha do horizonte
o sol desponta devagarinho
trazendo uma brisa morna
impregnada com seu doce perfume

Meus olhos não conseguem ver
a beleza que teima em me envolver
Tudo que desejo é olhar para você

O tempo não para e nem volta
segue seu caminho alheio
às dores que maltratam o coração

Quando estou em sua presença 
uma hora se transforma em segundos
que evapora-se no ritmo frenético da luz

E quando estou sem você
um segundo transforma-se
em dias, meses, anos...

A tua ausência 
traz estranhas sensações
o vácuo instala-se em meu ser
sem você sou apenas metade mim

51 comentários:

  1. Sem o amor, fica a tristeza, saudade. Linda poesia! Bela inspiração! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Gracita,absorvi cada palavra desse seu lindo poetar.
    Sem o amado,existe mesmo esse vácuo e somos apenas a metade de nós mesmos.
    Lindo demais.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  3. Que terna declaração de amor amiga Gracita.
    Uma grande verdade, sem o ser amado somos só metade.
    Um beijinho

    ResponderExcluir
  4. Lindo seu poema querida Gracita.
    Não quero nem pensar na ausência do meu bem.
    Grande beijo em seu coração.

    ResponderExcluir
  5. Linda poesia que toca a alma! Beijos das meninas!

    ResponderExcluir
  6. Bom dia minha amiga,
    Como vai?

    Lindíssima poesia, :)

    Beijos e saudades!!

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  7. ;D

    Que palavras tristes...

    Ótima terça!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  8. A pura e mais bela verdade amei
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Meu canal:https://www.youtube.com/watch?v=apP6eHn5PlI

    ResponderExcluir
  9. Lindo de morrer!
    Identifiquei-me nele.

    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  10. Por vezes sinto o mesmo...belas palavras poéticas!
    Bj amigo

    ResponderExcluir
  11. Nostálgico pero bello poema querida amiga así es la vida sin el ser amado, pero todo pasa hay que seguir adelante.

    Besitos de luz que iluminen tu alma preciosa.

    ResponderExcluir
  12. hola gracita,bello poema,la naturaleza siempre inspira a los grandes poetas,siempre se entrelazan las palabras para describir su bella,sus secretos y toda su magia.

    me encanto tu poema amiga,un fuerte abrazo!!!!

    ResponderExcluir
  13. Olá, querida Gracita!

    De facto, parece que a natureza se alia aos nossos estados de espírito, e sobretudo aos menos felizes, mas somos nós mesmos que criamos esse ambiente nostálgico, creio eu.

    Quando estamos com a pessoa amada, lógica e naturalmente, uma hora, parece um segundo e o afastamento dela causa o efeito contrário.

    Você, como bem sabe, descreve sentimentos de forma ímpar, para além de saber escrever de forma muito correta, gramaticalmente falando. Gosto de ler textos sem erros ortográficos e semântica satisfatória, que aqui é superlativa.

    A imagem escolhida para emoldurar seu belíssimo poema, condiz na perfeição com suas palavras. Acredito que homem ou mulher se complementam, embora cada um deles tenha suas próprias características. Precisamos todos de nosso espaço, aí, nos sentimos inteiras/os, mas a tendência natural e normal do ser humano é ter companhia, no plano afetivo, quer seja parcialmente ou a tempo inteiro.

    Dias bem felizes e luminosos.

    Beijos e um sincero abraço.

    ResponderExcluir
  14. Boa Tardinha, querida Gracita!
    Sem Amor, nada é inteiro... toda razão...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  15. Bom dia linda!
    Vim retribuir sua visitinha em uanderesuascronicas.
    Confesso que um texto maravilhoso como este, nos faz querer come-lo de colherada cada uma das palavras.
    Acho incrível como deixas fluir para uma tela de pc como esta, as inúmeras facetas da vida que move e comovem toda uma geração.... big bj..

    ResponderExcluir
  16. Olá Gracita,

    Uma bela e triste poesia, gostei muito.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  17. Linda poesia...as suas palavras sempre a tocar!!
    Um beijinho Gracita
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  18. Uma profusão de sentimentos... descrita de uma forma tão leve e bonita...
    Como sempre... mais um poema admirável, por aqui, Gracita, que adorei ler!...
    Beijinhos! Continuação de uma boa semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  19. As partilhas da Alma são momentos céleres e apressados. A dor, o sofrimento, a ânsia, são momentos que não passam no tempo.
    Bela poesia, Amiga.


    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  20. r: Muito obrigada!
    Abelhas só mesmo à distância

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  21. Sua poesia como sempre mexe comigo emociona-me, mas só posso agradecer por ter como amiga uma poeta com esta sensibilidade.
    beijinhos, Léah

    ResponderExcluir
  22. OI GRACITA!
    PORQUE QUANDO HÁ AMOR UM CORAÇÃO TOMA POSSE DO OUTRO E A FALTA, FAZ ISSO, NOS SENTIRMOS PELA METADE.
    QUE SENSIBILIDADE, AMIGA.
    ABRÇS
    -
    http://. zilanicelia.blogspotcom.br/

    ResponderExcluir
  23. Amiga passando para ti desejar um belo dia e uma bela inspiração
    para contagiar os nossos corações.
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Meu canal:https://www.youtube.com/watch?v=apP6eHn5PlI

    ResponderExcluir
  24. Um poema cheio de ternura, daquela forma doce, como gosta. A natureza ligada ao amor.
    Sabe Gracita, eu tenho saudades, mas é bom tere saudades porque só as temos daquilo que gostamos. Mas saudades, mesmo, só destes amigos que me visitam e me deixam palavras lindas, mas desses eu as mato vindo aqui, lendo e me encanto.
    Um beijo e obrigado por ser como é.

    ResponderExcluir
  25. Lindo e belo poema minha amiga.
    Gostei bastante de o ler.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderExcluir
  26. Admiro muito que consegue a arte de fazer poesia! Eu adorei essa sua tão terna e bela! beijinhos!

    ResponderExcluir
  27. Sem o amor a vida fica com sensação de vazio, Gracita tenha uma ótima quinta-feira beijos.

    ResponderExcluir
  28. Metade de você está ai!
    onde é que deixou a outra
    olhei, em nenhum lado a vi
    por onde andará, a garota?

    Não a vi a sorrir,
    a chorar também a não vi
    não estou aqui a mentir
    esse seu lindo poema li.

    Gostei, não é mentira minha,
    porque eu não sei mentir
    não fica triste assim menina
    melhores dias estou porvir!

    Tenha uma boa tarde, amiga Gracita, um beijo,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  29. A ausência pode diminuir-nos...
    Magnífico poema, gostei imenso.
    Continuação de boa semana, amiga Gracita.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  30. Lindo e brilhante quadro.
    Poema muito ternurento, gostei de ler
    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  31. A natureza e o amor, duas coisas essenciais na nossa vida. :)

    ResponderExcluir
  32. Adoro seus poemas minha querida amiga!
    Tomara que seja só mesmo sua inspiração na poesia que tão bem escreve,
    e não uma saudade verdadeira de um grande amor perdido!...
    Beijinhos carinhosos em seu coração minha querida.
    Que o Senhor lhe dê suas bênçãos de amor e paz!

    ResponderExcluir
  33. Belos versos e cheios de emoção,aquela emoção que enche a alma de um coração sensível e apaixonado!Grande abraço fraterno Gracita,agradecendo pelos parabéns a minha filhota também.

    ResponderExcluir
  34. Boa tarde linda Gracita.
    Minhas amiga seus poemas é algo divino, com certeza sem o amor, somos incompleta e ao olhar ao nosso redor observamos a natureza meio triste rsrs. Um feliz final de semana. Enorme abraço.

    ResponderExcluir
  35. Boa tarde, poema amoroso que revela o mais nobre sentimento que fica guardado para sempre.
    AG

    ResponderExcluir
  36. Minha doce poetiza é assim mesmo sem
    amor sempre ficamos pela metade, mas não deixa
    de ser um belo poema um encanto

    Bom final de semana..
    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  37. Bom diaaaa, amada amiga Gracita.

    A essência do amor mora aqui e em cada frase, uma identificação daquilo que vive-se ou foi vivido por nós.

    Parabéns menina sabida. Deus a ilumine sempre.
    Beijos e uma ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  38. Já senti umas agonias assim, Gracita! É coisa que se não pode evitar ás vezes, mas bem triste, ficamos com a vida sem rumo.

    Felicidades, moça!

    ResponderExcluir
  39. OFFFF.... Seu comentário em meu blog foi respondido por uma visitante. Talvez seja do seu interesse ler isso (penúltima postagem).
    Grande abraço, Gracita

    ResponderExcluir
  40. Bom dia Gracita,

    passei para lhe desejar um abençoado domingo.

    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderExcluir
  41. A saudade é a pegada que o amor deixa para trás. Senti-la, significa que já fomos felizes, e poderemos ser novamente.
    Seu blog está cada vez mais belo!
    Um grande abraço!
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  42. Olá!
    Muito lindo...aqui no seu cantinho tudo é amor e encanto!
    Parabéns!
    Amiga, te indiquei para um prêmio, deixei o link ai embaixo!
    Um super bjo!
    Prêmio Dardos
    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.