quarta-feira, 25 de maio de 2016

Despedida

Minha lucidez evaporou-se!
Quando estou só... desatino
Tropeço!

Me perco no teu olhar
da tua boca me despeço
a flecha da solidão
alcança meu coração
no meu peito um grito
agonia!

No papel amarrotado
um verso... outro
um poema sem nexo
diverso!

Em sua face
o avesso obscuro
incertezas me entorpecem

Os braços que me abraçaram
ficaram perdidos no outrora
um retrocesso!

Os beijos nas noites de inverno
apenas lembranças
Frio, vazio
um dorido arrepio

Nas páginas do caderno
lágrimas e saudades
escrevo sem vontade
nada é eterno
mas enquanto durou
foi pleno de verdade

29 comentários:

  1. Linda e forte , cheia de sentimentos a tua inspiração! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Gracita e é isso que importa...enquanto durou foi verdadeiro!
    O desapego de uma relação que não resultou deixa saudade...alegria e tristeza!
    Bj e mais um belo poema de amor

    ResponderExcluir
  3. Lindos versos Gracita!
    Quando o amor é pleno e se vai,fica a saudade agradecida por um amor de verdade.
    Bjs e um lindo feriado.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  4. Uma despedida traz sempre este travo de uma saudade já antecipada e que sabemos irá percorrer uma grande parte do caminho que temos pela frente. A despedida da pessoa amada se faz ainda mais doída quando sabemos que as lembranças estarão por muito tempo a arranhar as feridas que, por certo, custarão a ser cicatrizadas.
    Gracita, minha linda, soubeste bem delinear neste poema a agonia, a tristeza e a solidão que se instalam no peito após uma despedida. Versos que machucam, mas que definem bem este momento triste quando um adeus se faz necessário.
    Encanta-me, amiga, as imagens que tão bem trabalhas com tanta sensibilidade. Um adendo deveras precioso a esta tua forma doce e tão lírica de poetar.
    Fica com meu carinho no sorriso e nas estrelas que sempre vejo por aqui, a te acompanhar.
    Helena

    ResponderExcluir
  5. Lindo e uma grande verdade nada é eterno.
    Um abraço e boa semana.

    ResponderExcluir
  6. Olá Gracita, lindo poema... o desfecho de um amor, triste mas, por infinitas vezes, verdadeiro como a vida...
    Beijinhos, excelente dia pra ti.

    ResponderExcluir
  7. Despedidas são actos mais ou menos dolorosos, resultantes do bem estar ou do mal estar que as recordações nos deixam.
    Um bom tema.


    Beijos
    SOL

    ResponderExcluir
  8. Viver no presente as lembranças de bons momentos passados sempre traz uma grande tristeza, embora temos que ser gratos à vida por te-los vividos.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. Tanto poder nessas palavras! Puxa Gracita...gostei!!!!
    Um beijinho grande
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  10. Uma dolorosa despedida... num poema magnifico!...
    Como sempre, um belo e inspirado momento poético... que adorei, apreciar!
    Beijinhos, Gratcita! Continuação de uma feliz semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  11. olá menina! passadinha para deixar um xero bem gostoso! "Saudade tem rosto, nome e sobrenome.
    Saudade tem cheiro, tem gosto.
    Saudade é a vontade que não passa.
    É a ausência que incomoda.
    Saudade é a prova de que tudo valeu a pena... " tenha um feriado fabuloso!!!

    ResponderExcluir
  12. Querida Gracita: não sei se é o meu sangue lusitano falando ,mas adorei este poema que fala de despedida de uma forma tão bela.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  13. A despedida tem sempre esse sabor amargo que desatina.
    E a vida retrocede, perdendo o doce élan que lhe servia
    de suporte.
    Um poema cheio de ritmo, cara Gracita.

    Bjs

    Olinda

    ResponderExcluir
  14. Espero ser apenas um poema!
    Lindo demais.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Memórias de outros tempos, que deixaram doces recordações.
    Lindo poema
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  16. ⊱✿.*☆*.¸✽ ¸.*♡*.✿⊰✽⊱✿.*☆*.¸✽¸.*♡*.✿⊰✽ ⊱✿.*☆*.¸✽¸.*♡*.✿⊰
    Olá Gracita! Venho com todo o carinho e afeto lhe desejar um excelente e abençoado feriado para você e sua família.
    Desculpe-me pela ausência, estou com muitas encomendas para o dia da noiva, mas sempre que posso tiro um tempinho para vim deixar o recadinho bordado em seu blog!
    "Assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros."
    Romanos 12:5
    http://hildasbordados.blogspot.com.br/
    https://www.youtube.com/channel/UCBptH8iCKWtTUr0Mx2fdcTQ
    ⊱✿.*☆*.¸✽ ¸.*♡*.✿⊰✽⊱✿.*☆*.¸✽¸.*♡*.✿⊰✽ ⊱✿.*☆*.¸✽¸.*♡*.✿⊰

    ResponderExcluir
  17. Um poema repleto de sentimentos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Oi Gracita, faz um tempinho que não venho te visitar...
    E hoje vim e li esse poema lindo cheio de sentimento...
    Peço desculpas pela minha ausência...
    Bjuss e um ótimo final de semana pra voce...

    ResponderExcluir
  19. Olá, Gracita.
    Bonito poema em tom de desabafo sentido. A ausência do amor faz perder a lucidez e "desatinar" ;)
    bj amg

    ResponderExcluir
  20. Bom dia linda Gracita.
    A sua forma de poetar me encanta, porque você consegue colocar emoção em cada palavra. A despedida da pessoa amada é algo sempre doloroso, e as lembranças estarão por muito tempo machucando o coraçao. Linda imagem, ainda ausente, passando para ler o poema e deixar um feliz final de semana amiga. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  21. Tudo o que começa, mais tarde ou mais cedo acaba...
    Magnífico poema, gostei imenso.
    Gracita, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  22. Lindo poema Gracita, apesar de estar falando de despedidas que certamente sempre vem junto com uma saudade doída, ainda assim é melhor uma lembrança do que um vazio, do que não ter nada para lembrar.
    Beijinhos, Léah

    ResponderExcluir
  23. Até para falar de uma despedida você verseja com arte o que deixa a saudade leve e bem poética
    Nada é eterno mas foi verdadeiro enquanto durou. Isso é que importa numa relação
    Um poema soberbo Gracita
    Um abraço

    ResponderExcluir
  24. Querida Gracita
    Se foi bom enquanto durou... é o que importa.
    O passado... passou; o futuro a Deus pertence; e o presente tem as belas recordações que alimentam a alma e proporcionam poemas de grande beleza, como este com que você nos presenteia.

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  25. Bom dia Gracita,
    Que poema tão belo!
    Na hora do adeus o amor deixa sempre as suas marcas no coração de quem verdadeiramente amou.
    Beijinhos e um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  26. Amiga que maximo super lindo cheio de emoções forte,
    um domingo maravilhoso
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  27. lindissimo amiga parabens bjkas bom domingo

    ResponderExcluir
  28. Mais um bonito poema.
    Tenha um ótimo domingo Gracita!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.