quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Ora bruxa... ora fada

Tenho alma complexa
a dualidade faz parte de mim
sou metade bruxa
e a outra  metade
sou fada do bem

A bruxa cria poções
com raios de luar
a fada escreve versos dourados
com raios brilhantes do sol

Minha metade fada
gosta de andar pelas ruas
assoviando canções de amor

Já a metade bruxa
se encanta com a bruma negra
das noites sombrias sem luar

Tem um lado que gosta de leveza
vive a flutuar na imaginação
A outra é carrancuda
e só pensa no peso da saudade
que machuca o coração

Minha metade fada
gosta de sorrir
É uma menina feliz!

Já a metade bruxa
chora, sapateia
quer impedir a felicidade
de se aconchegar no coração

A metade fada
não permite
e contradiz
Felicidade
é o que sempre quis

E assim sigo pela estrada
ora bruxa... ora fada
uma pessoa dual
sempre irmanada
pelo sentimento da amizade


34 comentários:

  1. Gostei da poesia e dualidade bem expressa! bjs, chica e lindo dia!

    ResponderExcluir
  2. Uma bela dualidade que todos temos um pouco.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.
    Andarilhar

    ResponderExcluir
  3. Gracita por vezes sinto-me assim!
    Gostei dessa dualidade...bj

    ResponderExcluir
  4. Oi Gracita, bom dia!
    Que linda poesia.
    E assim vamos seguindo, com a felicidade amenizando as intempéries pelos caminhos!
    Um belo e abençoado dia!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderExcluir
  5. Suas poesias são lindas e criativas...
    Um abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir
  6. Maravilhoso de ler. Amei

    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Olá Gracita: faz parte da nossa natureza humana esta dualidade e este oscilar entre o bem e o mal, entre a fada boa e a bruxa má, rsrs. Bonito poema.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  8. Ser fada é uma virtude,mas algumas vezes nos tornamos bruxas quando preciso.rs
    Adorei a sua versatilidade em palavras no poema Gracita!
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  9. oi Gracita, bruxa ou fada, eu gosto das duas, tanto da menina que gosta de sorrir quanto da menina que chora e sapateia, porque você é um amor de pessoa e uma amiga querida.♥ bjs

    ResponderExcluir
  10. Sempre há dois lados da mesma moeda, Yin e Yang estão presentes em tudo... muito belo poema, me fez refletir...

    ResponderExcluir
  11. Boa noite, querida amiga Gracita!
    Desde que a dualidade não seja perniciosa, somos todos dúbios mesmo...
    Temos um pouco de tudo em nós e isso nos equilibra, na verdade...
    Lindo poema!
    Saudade de vir aqui...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  12. Gracita, que poema encantador! Acho que também sou assim :)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. As nossas duas metades feitas de luz e sombra, numa bela poesia.
    O que nos redime é a amizade, sentimento que, tal uma frágil
    plantinha, necessita de rega constante. E aqui não falta. :)

    Gostei muito, querida Gracita.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderExcluir
  14. Querida Gracita
    Tencionava retornar só em finais de Setembro mas a minha filhota requisitou a minha presença mais cedo... e aí vim eu a correr :)))
    E já que cá estou aproveito para visitar, aos poucos, as amigas.

    Gostei destes seus dois lados... pois se a fada é muito simpática e atractiva, a bruxinha também tem os seus encantos e, por vezes, precisa entrar em acção :)))))))

    Continuação de boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  15. As vezes somos isso linda poesia, obrigado pela visita volte sempre.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDAR

    ResponderExcluir
  16. Querida Gracita.
    A fadinha e a bruxinha ambas têm o seu encanto,eu fiquei encantada com o belo poema.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Oi minha amiga querida e especial!
    Acho que todas nós temos um lado bruxa e outro fada. Amei o post!
    Bjsss amiga e uma noite abençoada p/vcs

    ResponderExcluir
  18. Lindíssima publicação,adorei bastante o teu poema!!

    ResponderExcluir
  19. Hi Gracita ..
    A nice poem .. and now autumn has arrived, and soon it will be Halloween ..
    But until then, have a great week .. Hug Night Lady

    ResponderExcluir
  20. Fico bastante contente que tenhas gostado das fotografias dos céus da minha aldeia,realmente,são uma beleza!! Estes céus são um encanto!! Tudo de bom para ti,fica bem querida!!

    ResponderExcluir
  21. Poesia doce minha amiga.
    Hoje estou ora fada, :)

    Um beijo e um ótimo fds.

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  22. Amiga passando para ti deseja bom final de semana, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  23. Oi Gracita
    Temos em nós esta dualidade que você delineou com tamanha propriedade
    O poema ficou maravilhoso.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  24. Ora bruxa, ora fada,
    vamos lá entender
    quem do amor se farta
    na vida quer sofrer!

    Não sei se será bem assim,
    todavia, penso que não
    tudo o que seja ruim
    na vida nos causa aflição!

    Seguindo o seu destino,
    na beira da estrada viu
    no chão um passarinho
    cansado de voar lá caiu!

    Bom fim de semana, amiga Gracita, um beijo,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  25. Boa tarde, querida Gracita, gostei muitíssimo de ler seu poema. No mundo existe a dualidade em tudo, céu x inferno, luz x escuridão, amor x ódio, paz x guerra, água x fogo e assim tudo tem seu lado oposto como a sua bruxinha x fadinha. Interessante, pois às vezes, sem percebemos vivemos as duas personalidades. Muito bom! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  26. Essa dualidade amiga Gracita, é que faz com que seja uma pessoa encantadora !

    Um beijinho e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  27. AMADA AMIGA GRACITA!
    FIZESTE UMA ÓTIMA REFLEXÃO NO COMENTÁRIO QUE DEIXASTE NO MEU BLOG.
    MUITAS VEZES SOMOS UM POUCO DE TUDO PARA OS NOSSOS ALUNOS, PRECISAM DE NÓS PORQUE ATUALMENTE OS PAIS NÃO SABEM MAIS EDUCAR SEUS FILHOS!
    AMEI O SEU POEMA, EU TAMBÉM TENHO MEUS DIAS DE FADA E DE BRUXA, TODO MUNDO TEM!
    COMO SEMPRE TEUS POEMAS SÃO MARAVILHOSOS!
    UM ABENÇOADO FINAL DE SEMANA!
    BEIJOS QUERIDA AMIGA, COM TODO O MEU CARINHO!

    ResponderExcluir
  28. Que lindo,querida amiga poeta Gracita!Todos somos duais e você definiu muito bem poetando! Seus blogs estão nos meus blogs favoritos.Saudades de ler suas pérolas!

    Obrigada pela visita e volte sempre.Já a sigo aqui e foi difícil acessar seu blog porque estou sem computador,só com o celular e a tela dele é muito pequena e pouco enxergo.
    Por isso,estou retribuindo as visitas vagarosamente.

    Beijos sabor carinho e lindo fim de semana

    Donetzka

    ResponderExcluir
  29. Mais um bonito poema. Tenha um ótimo domingo Gracita!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  30. Sempre te vi e vejo como fada de longos vestidos esvoaçantes de tanto calcorrear o céu . Sexta que de bruxinha não teremos nos pouco ? Pelo menos ( se puder ser ) para nos livrar da negatividade dos outros . Para mim és fada madrinha .🌟🌟

    ResponderExcluir
  31. Sempre te vi e vejo como fada de longos vestidos esvoaçantes de tanto calcorrear o céu . Sexta que de bruxinha não teremos nos pouco ? Pelo menos ( se puder ser ) para nos livrar da negatividade dos outros . Para mim és fada madrinha .🌟🌟

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.