quarta-feira, 15 de julho de 2020

1ª Edição do Café Poético - Mês de Julho

O palco da poesia enfeita a sua passarela para receber a notável poetisa Ailime que fez uma bela viagem de transatlântico de Portugal até o Brasil para modelar a sua exuberante e magnífica arte poética em nosso tapete literário. Predisponha-se para o belo e envolvente poema desta carismática poetisa
Nos olhos da noite também há luz

Nos olhos da noite
sentia-te o silêncio mudo
que te escavava no rosto
a angústia, que te dilacerava
no peito a ausência da luz.

Dias tortuosos, sombras
que te trespassavam o olhar
pálido como paredes brancas
onde o luar se queda
em noite de quarto crescente.

Mas nem sempre o inverno
obscurece os mares que navegas.
Timidamente uma vigia abriu-se
e de rompante dissiparam-se as trevas.
A luz reacendeu-te no olhar, a vida
que na praia te aguardava a sorrir.

É que nos olhos da noite também há luz.

Texto e foto
Ailime
13.09.2016
E fechando o Mês de julho, no dia 31,  
vamos receber em nosso Café o exímio poeta Jaime



113 comentários:

  1. Um poema muito encantador e brilhante,gostei imenso!! Continuação de excelente semana para ti,muitos beijinhos!!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Amiga Gracita,
    Um privilégio poder estar presente com a minha poesia no seu tão aromático e saboroso Café Poético.
    Sinto-me muito honrada e agradeço-lhe por sua tão grande gentileza e generosidade.
    Um grande beijinho e os meus votos de um dia muito agradável.
    Ailime

    ResponderExcluir
  3. Saboreei cada verso, cada palavra por aqui nesse lindo cadé que Ailime preparou e tu,Gracita, serviste! Adorei e deixo os parabéns às duas! Muito lindo! beijos , chica

    ResponderExcluir
  4. Olá Gracita Olá Ailime
    Que acolhedor esse post, esse poema, esse carinho da Gracita para com os leitores e da Ailime em proporcionar esse poema encantador.
    Linda a perspectiva de luz entre as sombras, de luar na escuridão da noite.
    Uma ressignificação!
    Amei ❤❤

    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Há luz nos olhos da noite. Há luz em cada palavra que escreves mesmo quando as sombras teimam em seguir as sílabas. Há luz na tua poesia que se foi tornando cada vez mais solar...
    Lindo, este poema, minha querida Ailime.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde!
    Parabéns Ailime pelo brilhante poema que apresenta aos leitores...AMEI! 🍀🌹🌹

    ~~
    Na emoção dum sonho meu...

    Beijo e uma excelente dia!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Poetisa Ailime
    Que essa luz nunca se apague! Deslumbrante o seu versar
    Meus parabéns
    Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Olá Ailime
    Saboreei com prazer cada verso do seu lindo poema, Ailime
    O teu poema e fascinante e envolveu-me na magia do versar
    Parabéns
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Oi Gracita, oi Ailime. Gostei imenso deste lindo poema.
    "Nos olhos da noite, também a luz."
    Beijos a vocês.
    Élys.

    ResponderExcluir
  10. Poema encantador. "" Nos olhos da noite também há luz ""...Soberbo, poeticamente falando
    Para ler e reler... fascinante participação.
    .
    Deixando cumprimentos

    ResponderExcluir
  11. Com distinta poética, os versos encenaram a escuridão dando a ênfase clareadora em cada avanço da madrugada ao dia que se anunciava.
    Linda cena se encontra aqui. Parabéns, Ailime!

    Linda partilha, Gracita.
    Bjos pras duas.
    Calu

    ResponderExcluir
  12. Querida amiga.
    Um poema muito sentido e expressivo abordando um tema tão consentâneo e tão oportuno, de um problema tão universal...
    Por mais que o azul da noite -- e do futuro -- seja profundo e denso, por mais que impere o receio e a preocupação, há sempre no nosso peito, a luz da esperança que nunca esmorece.
    A humanidade uniu-se no desejo veemente de que se abra essa vigia redentora...
    Um belo poema que sintetiza uma excelente mensagem que cala fundo no peito de quem o lê.
    Parabéns pela exímia participação. 🌼
    Abraço grande com votos de dias bons.
    ~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os meus parabéns à Gracita pelo seu belo e esmerado trabalho de excelente e zelosa anfitriã. ⭐⭐
      Tudo do melhor para ambas. O meu carinho mum par de beijos estalados, a cada uma.
      ~~~~~~~~

      Excluir
  13. Muito obrigada, Majo. Um beijinho grande.

    ResponderExcluir
  14. Um poema cheio de expressividade! Gostei muito *-*

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde de serenidade, queridas amigas Gracita e Ailime!
    Tenho tido dias ocupados com algumas necessidades do lar que faço com tanto gosto também.
    Deixei para vir aqui com toda calma a prestigiar minhas duas amigas do coração, ambas exímias poetisas. Além de encher meu ser de boa poesia, claro!
    Fico até sem palavras para apreciar tanta formosura e o interior seu, Ailime, é tão sensível que só poderia caber numa explosão de palavras: noite, ausência de luz que é ajeitada com tão boa escrita na caladinha do silêncio noturno, na certa, onde a amiga já se põe em estado de poesia permanente ainda que dormindo... sua alma é poética, tenho visto, é nato em você ainda que em prosa.
    As trevas rapidamente se enfraquecem com um olhar poético ao entorno... bem assim.
    Até na noite, a poetisa (o poeta), normalmente vê e é LUZ, como você, querida Ailime.
    Gracita, Deus a abençoe muito por nos brindar, num ano de Pandemia, com um bálsamo ao espírito, você foi certamente usada pelo Espírito Criador para nos tirar da tristeza perene num ano pandêmico de tanta dor pelo mundo espalhada.
    Sejam ambas abençoadoas e felizes à medida do possível!
    Obrigada, amigas, por esses momentos tão belos e refescantes, na maior expressão da palavra.
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Amiga Rosélia, muito obrigada pelas suas preciosas e incentivadoras palavras. Um beijinho grande.

      Excluir
    2. 🦋🌈💙🕊️🏡🙏😘😘

      Excluir
  16. Querida Ailime, parabéns pela sua participação com este poema encantador, li e reli, adorei!
    Querida Gracita, mais uma vez parabéns pela iniciativa deste lindo encontro.
    Bjs, Sueli

    ResponderExcluir
  17. Muito obrigada, Sueli, um beijinho.

    ResponderExcluir
  18. Belíssima participação, querida Ailime.
    Estou encantada!
    Bravo!
    Deixo um beijinho carinhoso para tí e querida Gracita.
    Verena.

    ResponderExcluir
  19. Olá, estimada Ailime!

    Na personagem do seu poema, se é que há personagem, há um estado de alma bastante triste e o sorriso não vem e quando surge, é escuro.
    Nota-se no rosto e no peito a ausência dessa felicidade, a que chamou Luz.

    Entendo-a, perfeitamente, pois o estado de espírito de quem escreve reflete-se naquilo que dizemos e passamos aos outros. O da Ailime, momentaneamente, é este.

    Felizmente que, por vezes, há uma nesga, e surge uma luz, embora ténue, que nos faz sorrir e ter esperança.

    Este ano está sendo o exemplo dessa escuridão e dessa ligeira luz, que se faz sentir de vez em quando. Mantenhamos a esperança!

    A "praia" da Humanidade ha de acontecer.

    Beijos e um abraço para ambas, Ailime e Gracita.

    ResponderExcluir
  20. Muito obrigada, Céu. Um beijinho. Ailime

    ResponderExcluir
  21. Olá Ailime
    Absorvi e sorvi toda a sensibilidade poética que você imprimiu em cada magistral verso do seu belíssimo poema.
    Receba o meu aplauso
    Beijitos

    ResponderExcluir
  22. Olá meninas Ailime e Gracita
    Ailime estou enlevada com a grandiosidade e beleza do seu poema
    Li... reli e absorvi esta delícia poética
    Bjim para ambas

    ResponderExcluir
  23. Muito obrigada, Elize. Um beijinho.

    ResponderExcluir
  24. Que bela recepção Gracita que lhe inspirou para receber esta poetisa elegante e nossa amiga de tantas belas interações e poesias visuais com sua Sintra. Ler Ailime é viajar nos olhos das sensibilidade, tal é sua arte de encantar as palavras de movimentos da natureza e da vida humana. Claro que tem de estender o tapete, para ela passar soprando poesias sobre nós.
    Um café imperdível Gracita neste cantinho aconchegante.
    Bem vinda Ailime pela admiração e arte poética, os mares se abriram para deixar fluir os versos belos. E a luz brilhou mais forte no Café poético, era a Ailime com sua poesia.
    Com carinho meu abraço de paz.
    Beijo amiga de além mar.
    Grato Gracita pelo convite neste saboroso café.
    Beijo vizinha da poesia.

    ResponderExcluir
  25. Muito obrigada, Toninho, pelas suas palavras tão amáveis, delicadas e incentivadoras. Beijinho grande. Muita paz.

    ResponderExcluir
  26. A Ailime é uma grande poeta. E este excelente poema é um exemplo disso.
    Bom fim de semana, querida amiga Gracita.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  27. Olá Ailime
    As sombras se desvanecem e a luz que é mais poderosa volta a brilhar
    Seu poema é profundo e belíssimo
    Parabéns
    Abracinhos

    ResponderExcluir
  28. Muito obrigada, Mirelyartes. Um beijinho.

    ResponderExcluir
  29. Boa tarde de muita paz, queridas amigas Gracita e Ailime!
    Vim reler tamanha beleza.

    "... nem sempre o inverno
    obscurece os mares que navegas."

    Bem assim estamos aqui, céu azulzinho que nem parece inverno e clareza de espírito que faz bem ao coração.
    Um deslumbrar poético ajuda muito a compor minha tardezinha por aqui.
    Tenham ambas um final de semana abençoado!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Amiga Rosélia, por sua gentileza. Desejo também um fim de semana muito abençoado.

      Excluir
  30. Excelente Poema da Ailime. O que sente, está escrito com propriedade.
    Parabéns e beijo a ambas
    SOL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Sol de Esteva. Um beijinho. Ailime

      Excluir
  31. Há luz na Poesia e palavras afortunadas que nos seduzem peça sua beleza! Parabéns à Poeta e a ti também querida Gracita, por mais este belo momento. Beijinho bom domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Orvalhos de Poesia. Um beijinho.

      Excluir
    2. «peça» peço eu desculpa à Poeta Ailime, devia ter escrito «pela sua beleza»

      Excluir
  32. Oi Ailime
    Dissiparam-se as trevas, reacendeu a luz no olhar
    Essa luz que ilumina a tua bela poesia e nos envolve
    Parabéns
    Beijokinhas pra você e Gracita

    ResponderExcluir
  33. Olá Ailime
    Sempre haverá luz brilhando na formosura do tecido poético que você alinhavou com maestria
    Parabéns
    Beijinhos no core

    ResponderExcluir
  34. Poesia... café... poema... inspiração a merecerem o nosso aplauso!!! Bj

    ResponderExcluir
  35. Um maravilhoso poema, que faz a gente ficar encantada, uma linda edição do café poético, Gracita e Ailime bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  36. A Ailime é uma das Poeta que muito admiro na blogesfera.
    A sua poesia é simples mas nela há sempre luz, sensibilidade e muita sabedoria.
    Uma boa escolha para estar aqui em destaque.
    Beijos para ambas.
    :)

    ResponderExcluir
  37. Que maravilha Ailime, este passear entre as trevas e a luz; Amei, linda e expressiva foto, também poética. Parabéns as duas, Ailime e Majo pelo seu belo projeto.

    ResponderExcluir
  38. Todas as tempestades da vida um dia terminam e o sol da esperança e da alegria volta a brilhar.
    Maravilhoso poema da Ailime, fiquei encantada de a ver aqui.
    Parabéns e beijinhos para as duas.

    ResponderExcluir
  39. Magnífico poema, um bálsamo para a alma que anda tão triste por esse mundo tão sem cuidados.
    Todas as tempestades passam, pausa para sermos felizes, pois logo ali na frente vem outra, e assim é a vida!

    Abraço com carinho!

    ResponderExcluir
  40. Um belo poema da Ailime, uma poetisa de que muito gosto.
    Abraço, saúde e uma boa semana

    ResponderExcluir
  41. Poema lleno de luz y belleza. Un gusto leerlo amiga, saludos a la distancia.

    ResponderExcluir
  42. Mesmo nos maus momentos da vida há períodos menos severos, se nem tudo são rosas nem sempre há espinhos.
    Abraço.
    Juvenal Nunes

    ResponderExcluir
  43. Ciao Gracita, buon inizio settimana.

    ResponderExcluir
  44. Nem sempre o mau tempo perdura, ha que se ter a esperança guardada no canto do olho, e de repente muda o cenário e tudo fica Zen. Parabéns querida Ailime, foste feliz na tua participação.

    Bjs no coração pra ti e para nossa querida Gracita.

    ResponderExcluir
  45. Olá Ailime
    Que poema magnífico
    Temos que acreditar que sempre haverá uma luz nos olhos da noite sempre haverá luz
    Bjssss

    ResponderExcluir
  46. Olá Ailime
    Me delicio com a sua sensibilidade ao construir um poema magistral
    A luz sempre brilhará pois é mais poderosa do que a escuridão
    Bjim

    ResponderExcluir
  47. Uma delícia de Café Poético, sim, na companhia de Ailime, grande e querida amiga!
    Belo e profundo poema, amei. Ler e reler é um prazer para mim... A luz da noite tem os seus encantos e mistérios!
    Abçs às duas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, querida Anete. Um grande beijinho.

      Excluir
  48. Olá poetisas!
    Que momento sublime!!!!
    Saborear este delicioso café degustando esse poema magistral da Ailime
    Intenso, profundo e magnífico.
    Parabéns Ailime
    Beijocas

    ResponderExcluir
  49. Com que prazer eu leio um poema tão extraordinário e profundo
    Uma composição poética visceral
    Parabéns poetisa Ailime
    Um abraço

    ResponderExcluir
  50. Oi Ailime
    Que poema excepcional! Intenso profundo e elencado com uma sensibilidade peculiar. Habilidade que uma grande poetisa como você imprime à bela construção poética
    Lindíssimo! Parabéns!
    Abraços

    ResponderExcluir
  51. A luz sempre há brilhar
    O poema é lindíssimo
    Parabéns
    Beijos

    ResponderExcluir
  52. Querida Ailime
    Por mais que a escuridão queira revestir-nos com o seu negro manto havemos de perceber que sempre existirá uma luz a nos alumiar
    A luminosidade é sempre mais potente que o obscurecimento que teima em enevoar os nossos olhos. Você foi particularmente feliz nesta inspiração agraciando-nos com a chama da esperança gerando em cada coração a expectativa de dias melhores e mais brilhantes.
    Amiga querida, li e reli com imensurável prazer o teu versar tão belo e tão intenso.
    A sua notabilidade como poetisa foi o viés que trouxe o brilho, o glamour e a magia para o engrandecimento desta Edição do nosso Café Poético
    Meus aplausos pelo seu versar exuberante e envolvente
    Honrada com a sua extraordinária participação deixo meu sincero agradecimento
    Um forte e caloroso abraço e muitos beijinhos floridos

    ResponderExcluir
  53. Muito obrigada, Amiga Gracita, por suas palavras tão gentis e generosas. Estou-lhe imensamente grata por me ter proporcionado este momento em que pude partilhar um pouco do que escrevo neste saboroso Café Poetico, repleto de tanto carinho e amizade. Tem sido uma experiência maravilhosa que confesso, não esperava, mas me tem deixado muito feliz.
    Reitero o meu agradecimento pelo seu tão amável convite pedindo a Deus que a abençoe hoje e sempre.
    Com um grande beijinho e votos de um dia muito feliz. Beijinhos e grande abraço.

    ResponderExcluir
  54. Bom dia meus amigos
    A sua presença em nosso Café Poético trouxe notoriedade ao nosso evento
    A sua apreciação ao poema da nossa estimada poetisa Ailime só engrandeceu o nosso projeto
    Em meu nome e também da poetisa Ailime a nossa sincera gratidão
    Espero-vos na próxima Edição quando teremos a presença do poema Jaime Portela com a sua extraordinária poesia.
    Um beijinho florido em cada coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 🌻🌼🌷🌻🌼🌻🌹🌼🌻🌹😍🙏😘

      Excluir
  55. Bom.dia de muita paz, querida amiga Gracita!
    Parabéns é o mínimo que podemos lhe dar.
    Merece todo nosso carinho e gratidão por ser como é, por nos brindar com pérolas poéticas a cada quinze dias e com as suas também intermediando o Café com Poesia.
    Deus derrame sobre dia vida muita inspiração e bençãos particulares e especiais que esteja precisando, amiga.
    É uma pessoa com o 💙 repleto de poesia.
    Sabemos que, por trás dos bastidores, você tem um trabalhão que só no Amor pela poesia justifica
    Seja muito feliz e abençoada!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem
    💐🏡🕊️🙏🌈😘

    ResponderExcluir
  56. 🌻🌹🌷🌻🌹😍😘🙏

    ResponderExcluir
  57. Atrasadíssima, mas vim saborear este café poético, com cheiro e sabor de poesia bem inspirada que nos leva a sonhar, a viver e sentir a poesia nos envolvendo com seus braços amorosos e poderosos. Ailime, uma poetisa cheia de sabedoria e profundidade, exprime a poesia do mais profundo de sua alma e nos encanta.
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  58. Um belíssimo poema da Ailime, que já pela foto nos faz começar navegar nos versos tão sentidos. Parabéns, Ailime!!
    Abraço e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  59. Muito obrigada, Dalva. Um beijinho.

    ResponderExcluir
  60. A noite... o palco privilegiado de todas os nossos receios e inseguranças... iluminou-se com esta grande estrela do universo poético... a Ailime... que cresce a cada trabalho... reclamando um universo só seu!...
    Adorei este saboroso café... com aroma de imenso talento!...
    Beijinhos para ambas! E mais uma vez, é uma prazer acompanhar esta louvável iniciativa poética!
    Continuação de uma boa semana, e de um óptimo Agosto!
    Ana

    ResponderExcluir
  61. Que linda poesia da querida poetisa Ailime! Nos conduz e uma história que mais parece um sonho! Parabéns as duas. A Você amiga pelo projeto fantástico! Abraços.

    Voltarei para comentar as outras participações.

    ResponderExcluir

A sua amizade e presença são os alicerces que sustentam esse cantinho. Seja Feliz aqui! Volte sempre que o seu coração sentir saudades. Um beijo com afeto, Gracita.